Tudo começa com um sonho. Tetos com claraboias, um closet do tamanho de um quarto. Mas, o sonho pode se transformar em um pesadelo, a menos que você planeje com antecedência. Não que o planejamento vá te proteger de tudo que pode dar errado ou certo em uma reforma, ou tudo que tem que ser replanejado durante a execução da reforma. Mas planejar vai te dar a calma necessária para sobreviver a uma reforma de casa.

Por onde começar uma reforma residencial: desenhe seu sonho

Mesmo antes de consultar um arquiteto, você pode começar a esboçar as suas ideias e imaginar seus sonhos para a reforma da casa ou apartamento. Seja ao adicionar ou expandir um quarto, ou apenas trocar os azulejos de um banheiro, pense em como o espaço será usado e como as mudanças vão afetar os padrões de trânsito da casa, os ambientes da residência. Considere também como a reforma afetará o ambiente e decoração geral da sua casa. Por exemplo, um novo cômodo pode adicionar espaço demais à sua casa, ou deixar um espaço com superlotação. Talvez ao reformar uma cozinha você acabe jogando o tráfego de pessoas para uma outra área, mais apertada, e que dificulte o movimento. Se você não tem habilidade com desenho, não tenha medo de usar aplicativos e programas de projeto de reforma para te auxiliar. Muitos deles já tem modelos quase prontos para vários itens da reforma, tais como paredes, portas, janelas, e muitos outros itens para a residência.

Ideias de reforma de casas e apartamentos: aprenda com os outros

Uma das melhores maneiras de obter inspiração e evitar armadilhas é seguir as experiências de outros proprietários de imóveis. São vários os sites e revistas especializadas que oferecem histórias e projetos de reforma de casas e apartamentos, junto com planilhas completas de reforma, além da possibilidade de conversar com os profissionais envolvidos com a reforma. É também com esses relatos que você ficará sabendo de possíveis problemas em cada etapa da reforma, para colocar no seu projeto.

Como realizar uma reforma de imóvel

Reforma de imóvel envolve muito planejamento, o que é essencial para que o processo seja realizado sem muitas dores de cabeça e possa ser um sonho, não um pesadelo. (Foto: www.mrmr.biz)

Pense no futuro ao planejar sua reforma

Embora você possa sonhar com uma nova adição espaçosa, o projeto pode não fazer sentido se você pretende vender a sua casa em poucos anos. Um banheiro luxuoso pode custar caro demais, e não te dar o retorno sobre o investimento. Alguns projetos de reforma podem diminuir o valor da sua casa. As necessidades da sua própria família podem ser muito diferente em alguns anos, de acordo com os planos familiares. Será que o projeto atual se encaixam no seu futuro?

Conte seu dinheiro antes de fazer uma reforma

Mesmo os orçamentos mais bem elaborados podem falhar. Seu projeto sempre vai custar mais do que o esperado. Antes de escolher seu porcelanato de alto padrão, descubra quanto você tem para gastar e certifique-se que você tem uma proteção contra custos excessivos. Itens que poderiam acabar com suas economia, explore opções para poder dividir sua reforma em etapas ou financiar sua obra com um empréstimo de juros baixos.

Escolha bons profissionais para executarem sua obra

A menos que você planeje assumir todo o projeto de remodelação por si mesmo, você vai precisar contratar profissionais qualificados para o projeto. Isso significa que sejam profissionais com registro no CREA, cursos de segurança do trabalho, e que o projeto de reforma (dependendo do tipo) tenha alvará na prefeitura.

Mas encontrar a melhor equipe para o seu projeto de reforma vai além de uma seleção a partir de uma referência simples. Por exemplo, podem indicar um ótimo arquiteto para sua casa, mais novo, mas se você tem uma casa velha, contratar uma equipe da época em que a casa ou apartamento foi construído será mais apropriado e tornará o trabalho mais eficiente. Isso porque os profissionais da época estarão mais acostumados com as técnicas que foram usadas, e os possíveis erros que podem ter sido cometidos durante a construção ou reformas prévias.

Negocie cada entrelinha de todos os serviços que serão realizados na sua casa

Seja no planejamento de um trabalho de carpintaria simples ou um projeto grande de alvenaria que requer os serviços de um arquiteto e a ART de um engenheiro, mal entendidos podem levar ao desastre. Não comece a reforma sem um contrato escrito, com todos os detalhes dos serviços. Certifique-se todos concordam com o trabalho que será concluído e quanto tempo vai demorar (com uma certa margem de erro). Também seja claro sobre os tipos de materiais que serão ou não utilizados.

 

Obtenha as permissões necessárias antes de começar a obra

Uma autorização legal é necessária antes de fazer mudanças estruturais para sua casa: o alvará. Isso garante que o projeto atende a códigos de construção locais e regulamentos de segurança. Se você mora em um bairro histórico, a autorização também assegura que as mudanças exteriores para a sua casa estão em consonância com as diretrizes da vizinhança. Uma empreiteira geralmente vai cuidar da papelada, e custará mais caro por isso, mas evitando multas da prefeitura.

Prepare um plano para os problemas com obras

Quanto maior a reforma, maiores são as chances de frustrações. Haverá quebra de equipamentos, escassez de suprimentos para a obra, falhas de comunicação, e atrasos. Elabore algumas regras amigáveis. Por exemplo, se trabalho A não puder ser realizado no dia, começar o trabalho B. Diga-lhes onde eles podem estacionar os carros, caminhos, e colocar equipamentos e suprimentos para a obra. Estabeleça os horários de início e término. E sempre planeje um ou dois dias relaxantes fora de casa durante as semanas de obra. Acredite, você vai precisar!

Tem alguma dúvida ainda sobre o planejamento para obras? Deixe nos comentários suas perguntas nos comentários! Faremos o possível para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)