Como fazer uma construção mais barata?

Escrito na categoria "Construir e reformar" por André M. Coelho.

Cada vez mais pessoas estão considerando construir sua própria casa, especialmente porque o acesso à habitação está se tornando cada vez menos acessível. Existem novas iniciativas governamentais para encorajar as construções, mas tudo demanda algo que temos cada vez menos: dinheiro.

Com um design inteligente e gerenciamento de projeto, é possível construir uma casa barata. Mas como fazer isso? É pra isso que nós reunimos as principais dicas para um projeto barato e eficiente.

Como fazer uma construção mais barata: projeto e planejamento

A maioria dos seus exercícios de redução de custos ocorrerá durante a fase de design e planejamento do projeto. Um design totalmente bem considerado que pesa todas as ramificações de custo pode economizar uma fortuna! Vale a pena reservar um tempo para encontrar um bom arquiteto para fazer isso direito. A taxa deles é uma pequena porcentagem do custo de construção, mas o design certo pode acabar economizando mais dinheiro no geral (além de fornecer uma casa que você vai adorar!).

Portanto, por trás de cada grande projeto está um grande arquiteto.

Construindo de forma mais barata

Construir mais barato demanda planejamento, uso dos materiais corretos, e das técnicas mais modernas. (Foto: www.icbmc.org)

A construção barata de casas começa com geometrias simples

Uma maneira infalível de adicionar custos adicionais à sua construção seria começar com um plano complicado, cheio de curvas e complexidades. A mão de obra representará uma grande parte dos seus custos de construção, então vale a pena interrogar todos os aspectos do design. Para cada detalhe ou junção, seu arquiteto deve pensar: quão complexo (e caro) é construir isso?

As ideias de construção barata sempre passam por boas escolhas de materiais

Não há nenhuma solução ‘barata’ aqui e você deve pesar esta decisão em relação a outros fatores além do custo dos materiais. Durabilidade, vida útil e manutenção afetarão o custo geral da sua casa durante um determinado período. Você se imagina morar nesta casa pelos próximos 25 anos? 50 anos? 100 anos?

Uma construção mais barata agora pode não resultar no custo geral mais barato durante sua vida útil. Um argumento semelhante pode ser feito para as eco-credenciais da construção. Por exemplo, pode valer a pena gastar um pouco mais para conseguir um isolamento realmente eficiente nas paredes para manter suas contas de aquecimento ou resfriamento mais baixas nos próximos anos.

A mão de obra boa é mais cara

A mão-de-obra pode ser responsável por uma grande proporção dos custos gerais, então você pode considerar fazer o máximo da obra tanto quanto possível. Essa decisão certamente afetará o método de construção que você escolher. Mas claro, não saia contratando qualquer pedreiro ou engenheiro. Pesquise, converse com clientes dele, veja os projetos que já executou. Quanto mais você pesquisar, melhor.

Seja eficiente com as áreas disponíveis

A metragem quadrada é, claro, um contribuidor significativo para o custo de sua própria construção e, com a ajuda de seu arquiteto, vale a pena encontrar maneiras inteligentes de reduzir a pegada, mas ainda assim obter sua lista de desejos. No entanto, você descobrirá que as economias de escala entram em jogo, portanto, cada metro quadrado adicional deve custar um pouco menos que o anterior.

Tenha um bom planejamento espacial

A vida em plano aberto é cada vez mais popular em novas casas, e por um bom motivo; traz mais luz natural e proporciona um ambiente de vida mais sociável. No entanto, grandes espaços desobstruídos podem acabar sendo muito caros devido à estrutura adicional (geralmente de aço no teto) necessária. Existem maneiras de contornar isso, como adicionar colunas para reduzir vãos de aço. Essas colunas ou paredes estruturais precisarão ser cuidadosamente colocadas para garantir que tenham um impacto mínimo no fluxo de espaços / vistas, etc.

Novamente, é aqui que um bom arquiteto se destacará.

Como encontrar um bom arquiteto para meu projeto?

O arquiteto certo, que pode ajudá-lo a encontrar as melhores maneiras de planejar e economizar, pode valer seu peso em ouro! No entanto, se você ainda está considerando reduzir seus custos de autoconstrução economizando em honorários profissionais, você pode considerar a contratação de seu arquiteto para as fases iniciais de design do projeto e não contratá-lo para a fase de construção. Como parte de sua cotação, eles dividirão seus honorários nas diferentes fases do trabalho, para que você possa até decidir quanto ou pouco irá usá-los no decorrer do trabalho.

Como vocês fizeram seus projetos? Quais dicas dariam para quem precisa fazer uma obra e quer economizar?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

A mãe de André sempre gostou de fazer reformas na casa que tem em um sítio. André aprendeu com ela, e quando comprou seu apartamento, começou a projetar, reformar, e adaptar diversas coisas que não gostava. Como síndico do prédio, convenceu os moradores a trocar a rede elétrica da década de 70, trocar os extintores por modelos mais seguros, e adaptar as escadas do prédio com corrimões mais seguros. Hoje está com um projeto de um imóvel na zona rural, compartilhando no site 2 Quartos tudo que vai aprendendo sobre reformas, construção, e mercado imobiliário.

Deixe um comentário