Definir um orçamento para o seu projeto de reforma envolve muito mais do que somar números. Antes de chegar até a calculadora, você precisa fazer sua pesquisa. É preciso descobrir o que está disponível no mercado hoje visitando showrooms, lendo revistas, visitando feiras e pesquisando recursos online. Criando sua lista de desejos é o primeiro passo para conseguir calcular a reforma do seu banheiro ou cozinha.

Reforma de cozinha e banheiro: plano A e plano B

É uma boa ideia escolher opções para o Plano A e Plano B em eletrodomésticos, bancadas, azulejos, enfim, praticamente tudo. Se você mantiver uma lista de alternativas, é possível adicionar ou excluir itens para atender ao seu orçamento. Se você puder permanecer flexível sobre as escolhas finais, terá espaço de manobra se surgirem custos inesperados, como substituir peças de madeira em decomposição, ferro enferrujado, ou fiação elétrica velha.

Pesquise antes de começar a reforma

Quanto mais pesquisa você fizer antes de tomar decisões, menos provável será que você mude de ideia. E essas ordens de última hora podem realmente aumentar o custo do seu projeto de cozinha se você não tiver cuidado. É importante criar uma lista extensiva para reduzir ao máximo os custos e imprevistos de uma obra de reforma.

Planejamento de reforma em cozinha

Para uma reforma da cozinha, muitos imprevistos podem encarecer bastante o projeto, e o planejamento ajuda muito na hora de evitar que esses custos acabem com sua saúde financeira. (Foto: www.cornerstoneremodelingatlanta.com)

Estabeleça limites para seu orçamento da reforma da cozinha ou banheiro

Quanto você pode realmente gastar nesta cozinha ou no banheiro? Você pode ter uma lista de desejos, mas o mais importante é ser honesto com o seu bolso e encontrar um projeto que se ajuste ao seu orçamento. Dependendo da escala do seu projeto, você pode planejar para gastar entre 6 e 10 por cento do valor de seu imóvel para o melhor retorno sobre o investimento, caso o desejo seja reformar para a revenda.

Espere o inesperado na hora de reformar

Você nunca sabe o que vai encontrar durante a demolição para a reforma. Casas antigas podem conter chumbo ou amianto nas paredes e estruturas de metal. A remoção desses materiais pode custar uma boa quantidade extra de dinheiro. Uma casa construída 50 ou mais anos atrás pode exigir atualizações elétricas na cozinha para suportar novos aparelhos e iluminação. Planeje um valor de contingência de cerca de 10 a 20 por cento para cobrir condições ocultas, substituições e outras surpresas.

Você pode justificar o investimento na cozinha ou banheiro?

O cozinheiro gourmet pode justificar um orçamento inflacionado para os eletrodomésticos. Uma pessoa que sonha com um banheiro mais confortável pode justificar a adição de uma sauna ou banheira. Uma família maior precisa de espaço de armazenamento extra em cozinhas e banheiros. E há também a questão da revenda dos produtos.: Quão importante é para você obter um bom retorno sobre o investimento para o seu projeto? Ou você está projetando uma cozinha ou banheiro para a casa que você planeja viver para sempre? Pense em como você usa aos ambientes e coloque seu dinheiro nesses usos.

Se você está planejando uma cozinha ou banheiro de residências onde você viverá por um longo tempo e você não pode ter recursos para determinados materiais que você quer hoje, considere substitutos que podem ser facilmente trocados. Por exemplo, ao invés de instalar uma bancada de granito hoje, escolha um laminado semelhante para pelo menos metade do custo, que fica mais barato até você ter dinheiro para a troca. Refletir sobre o que você mais valoriza em um ambiente vai te ajudar a definir onde a maior parte do dinheiro deve ir.

Como definir orçamento para banheiro

O banheiro dos seus sonhos é aquele que cabe no seu bolso, não aquele que você viu no filme e que custa milhares de reais. (Foto: Flintstone Marble & Granite)

Onde poupar e onde gastar mais na reforma de um banheiro ou cozinha?

Aqui estão alguns conselhos gerais sobre onde você deve poupar e onde deve gastar mais na reforma de um banheiro e de uma cozinha:

Eletrodomésticos: seja prático e procure aparelhos eficientes em termos de energia com longas garantias. Você usará aparelhos mais do que outros recursos em sua cozinha ou banheiro. Mas não se esqueça de manter um equilíbrio entre o que você gasta nos aparelhos e na estrutura que os suporta. Por exemplo, um refrigerador pode precisar ser substituído em 15 anos ou mais cedo, mas um cooktop vai durar mais tempo. Um chuveiro com aquecimento a gás pode parecer um investimento caro, mas pode se pagar no médio e longo prazo.

Bancadas: tanto a bancada da cozinha quanto a bancada de um banheiro, quando são o ponto focal do ambiente, precisam de mais investimentos. Mas é claro, você pode obter bons materiais por um ótimo preço, como bancadas de pedra, ou de inox. Faça uma boa escolha e evite que seu ambiente fique com um ponto focal com pouco destaque ou com um material de baixa qualidade.

Armários: alguns custos que podem subir preços dos armários incluem a entrega, instalação, e o material que você quer usar..MDF é barato, mas não é resistente a umidade. Madeira maciça é mais cara e a mão de obra de instalação de móveis planejados também. Vale a pena não economizar aqui e investir em peças de qualidade, planejadas. Você pode economizar também comprando uma madeira mais barata mas cobrindo-a com laminado da cor e design de sua escolha.m o grande preço.

Mão de obra: é onde você não tem que economizar mesmo. Mão de obra de qualidade custa caro, mas é um custo a mais que fica muito em conta no médio e longo prazo. É melhor tirar algumas extravagâncias do orçamento e investir em boa mão de obra do que viver com vazamentos pela cozinha e banheiro..

Acessórios e acabamento. puxadores, alças, e maçanetas bem escolhidos podem atualizar o visual de um ambiente inteiro, sem ter um grande impacto no orçamento. Invista em peças de qualidade, com bom material, e você terá um acabamento de dar inveja no seu banheiro e sua cozinha.

Piso e paredes: não economize, em hipótese alguma, na impermeabilização do piso e paredes da cozinha e banheiros, principalmente nas áreas úmidas. Essa economia vai sair caro quando as infiltrações começarem a aparecer, pois além de refazer o piso, você terá que fazer uma nova impermeabilização. No tipo de piso de chão ou parede, faça a escolha que você desejar, pois as faixas de preço podem atender a todos os bolsos.

Escolha estilos atemporais: por exemplo, um azulejo liso, branco, nunca sai de moda. O mesmo vale para quaisquer cores neutras, que sempre estarão na moda e manterá sua cozinha sempre com um visual moderno.

Reforma de banheiro e reforma de cozinha gastando pouco: cuidado com os detalhes

Antes de mergulhar em seu projeto, conheça suas prioridades para que você possa se concentrar em gastar onde é mais importante. Evite mudanças estruturais, como encanamentos, sistemas mecânicos e paredes. Depois de encomendar produtos e a instalação começar, não mude de ideia. Seja específico quando comparando os preços e não se esqueça de comparar produtos exatos, porque os preços podem variar dependendo do modelo e até mesmo do acabamento. Veja os produtos fisicamente antes de comprar, e não confie apenas na Internet para tomar decisões de compra.

Quanto custa reformar a cozinha? E o banheiro?

Depois de todos esses procedimentos, você pode orçar seus custos de reforma. Uma cozinha e um banheiro novos podem ter um custo total de reforma entre 6% e 10% do valor total da casa. Para cada 10 anos de construção do imóvel, acrescente 1% a 2% no valor da reforma.

Ficou alguma alguma dúvida? Se ainda tem dúvidas sobre os custos de uma reforma de banheiro ou cozinha, use nosso espaço de comentários! Estamos aqui para te ajudar em qualquer dúvida!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)