Antes de começar qualquer projeto de reforma, pequeno ou grande, você precisa de um planejamento. O primeiro passo é determinar seu objetivo final. Você está convertendo um cômodo em uma sala de jogos com um bar, poltronas confortáveis, e prateleiras que vão do chão ao teto com suas coleções? Talvez você esteja planejando em converter a sua sala de estar em um espaço mais moderno e relaxante? Ou seus planos incluem restaurar uma casa mais velha, acabada, para retomar o antigo resplendor?

Por onde começar a reforma do apartamento novo ou da casa?

Ter uma ideia melhor de como você quer que sua reforma termine ajudará a tomar decisões necessárias sobre fatores como design, materiais e orçamento, de forma muito mais fácil. Mas mesmo se você só tem uma ideia aproximada do que você quer, ela pode ser aprofundada enquanto você conversa com profissionais da área para ter uma noção da sua reforma.

Se você ainda não o fez, é uma boa ideia tirar as medidas para poder desenhar o espaço ou talvez, modelar a reforma toda em uma maquete 3D. Quanto mais informações nesse estágio, melhor para observar o resultado final. Agora que você já sabe por onde começar, vamos ao restante do planejamento.

Planejar reforma residencial: quais ferramentas você vai precisar?

A menos que você seja um empreiteiro, pedreiro, ou engenheiro, provavelmente você não tem todo um arsenal de ferramentas à sua disposição. Embora você possa ter um martelo, chave de fenda e outros elementos básicos, você pode precisar de mais equipamentos pesados, dependendo do tipo de trabalho de reforma que você pretende concluir.

Planejamento de reforma

Com o planejamento da reforma, dá pra visualizar bem melhor no produto final e planejar com muito mais eficiência sua reforma. (Foto: Shutters By Design)

Planejamento de reforma: materiais necessários

Você precisará ter uma ideia aproximada de quanto material de construção vai ser necessário para terminar o trabalho. Isso inclui não apenas os elementos estruturais, como madeira, concreto, tijolos e fiação elétrica, mas também itens menores, como parafusos, lixas, preços, bem como itens de acabamento, como papel de parede, azulejos, pintura e luminárias. Use uma planilha e anote tudo, converse com pedreiros e responsáveis pela obra para saber tudo que será gasto.

Quanta fiação elétrica será necessária para concluir o projeto?

Se o seu projeto envolve a movimentação de fios elétricos existentes ou a instalação de nova fiação, você definitivamente precisa dos serviços de um eletricista. Em muitos casos, você poderá se beneficiar desses serviços, inclusive poupando dinheiro ao atualizar a rede elétrica para um sistema mais moderno.

Dicas de planejamento de reforma: como o encanamento será afetado?

Mesmo o mais simples dos encanamentos, como o sistema de abastecimento de água ou drenagem da pia da cozinha pode envolver uma grande quantidade de tempo e esforço. Se você planeja mudar os locais de instalação de encanamento ou atualizar o sistema, a aposta mais segura é chamar o serviço de um encanador profissional. Semelhante ao trabalho elétrico, esse profissional poderá te ajudar a encontrar problemas, como vazamentos, ou consertar problemas como baixa pressão de água em certas partes da casa.

Quanto tempo vai demorar a reforma?

Claro que você quer o projeto seja terminado o mais cedo possível, para que você possa começar a desfrutar do produto acabado. Porém, é preciso definir uma expectativa realista de quanto tempo o projeto pode tomar e onde possível que atrasos ocorram. Isso pode significar a diferença entre frustração e paciência. Geralmente, as tarefas mais especializadas, como a parte elétrica e de encanamento, são as partes que mais demoram, bem como os trabalhos mais detalhados, como o acabamento.

Problemas imprevistos, como fiação defeituosa e danos escondidos ou por desgaste do material também podem adicionar dias ou semanas para um projeto de reforma. Em muitos casos, especialmente se você está empreendendo um projeto de reforma maior, você ficará sem poder usar áreas da casa ou até a casa inteira. Planeje com antecedência para estes eventos e mantenha uma mente aberta sobre a data de conclusão.

Não se esqueça das questões burocráticas.

Muitas políticas de seguro de casa são baseadas nas condições da casa quando o seguro é assinado. Pode ser necessário conversar com a seguradora antes da reforma para saber o que vai acontecer após as alterações. É bom se lembrar também que certas reformas vão exigir alvará da prefeitura e ART, e será necessário entrar em contato com a prefeitura da sua cidade para executar o processo corretamente.

Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários suas perguntas que nós te ajudaremos a planejar sua reforma.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)