Às vezes, faz sentido contratar um profissional em vez de fazer um trabalho por conta própria. Mas escolher o pedreiro errado pode levar a atrasos, trabalho de má qualidade e até mesmo problemas legais. As diretrizes abaixo ajudarão você a escolher um profissional de qualidade e a garantir um bom relacionamento de trabalho.

Obtenha recomendações para um bom serviço de pedreiro

Comece com seus amigos e familiares. Você também pode conversar com um engenheiro que saberá quais pedreiros fazem melhores serviços para suas necessidades. Essas recomendações são o pontapé inicial para sua pesquisa, e você deve anotar o nome de mais de um pedreiro para fazer sua pesquisa de profissionais.

Procura-se pedreiro: a entrevista de emprego

Uma vez que você montou uma lista, faça uma rápida ligação para cada um dos pedreiros e faça as seguintes perguntas:

Eles aceitam projetos com suas especificações?

Eles estão dispostos a fornecer referências de outros serviços realizados?

Eles podem te dar uma lista de clientes anteriores?

Quantos outros projetos eles fazem ao mesmo tempo?

Há quanto tempo eles trabalham com seus subcontratados, se houverem?

Eles trabalham por dia ou por empreitada?

Eles assinam contratos?

As respostas a essas perguntas revelarão a disponibilidade, a confiabilidade, e o grau de atenção que o pedreiro poderá dar ao seu projeto e a fluidez do trabalho. E com base nas entrevistas por telefone, escolha três ou quatro pedreiro para se reunir para estimativas e discussões adicionais. Um pedreiro deve ser capaz de responder às suas perguntas de forma satisfatória e de uma maneira que o deixe à vontade. É crucial que vocês dois se comuniquem bem porque essa pessoa estará em sua casa por horas a fio. Por outro lado, não deixe a personalidade enganar você. Verifique pela internet o nome da pessoa para garantir se não há algum processo no nome do pedreiro, ou algum outro problema legal.

Investigue os fatos para as vagas de emprego de pedreiro

Agora que você estreitou sua lista, coloque sua pesquisa em prática. Chame antigos clientes para saber como foi o projeto e peça para ver o produto final. Mas você não deve confiar apenas nos resultados. Ainda mais importante, visite um local de trabalho atual e veja por si mesmo como o pedreiro trabalha. O local de trabalho é limpo e seguro? Os trabalhadores são corteses e cuidadosos com a propriedade?

Faça planos e receba orçamentos

Você tem sua pequena lista de pedreiros cujos registros parecem limpos e cuja ética de trabalho parece responsável. Agora é hora de parar de olhar para o trabalho anterior e começar a esperar pelo seu projeto. Um pedreiro vai querer não apenas um conjunto completo de projetos, mas também uma noção do que os proprietários querem de um projeto e do que planejam gastar. Para comparar as ofertas, peça a todos que dividam o custo de materiais, mão de obra, margens de lucro e outras despesas. Geralmente, os materiais respondem por 40% do custo total e o resto cobre despesas gerais e a margem de lucro típica, que é de 15 a 20%. Se você for comprar o material a parte, já venha com o seu orçamento de materiais pronto ou peça para o pedreiro te dar uma lista, assim como o preço pelo serviço dele. Faça seu orçamento para somar o total.

Pedreiro

Um bom pedreiro vai garantir que sua obra seja melhor executada, prazos sejam respeitados, e que os resultados sejam muito melhores. (Foto: ARAG)

Defina um cronograma de pagamento com o pedreiro

Outra dica importante para contratar um pedreiro é combinar um cronograma de pagamento previamente. As programações de pagamento podem falar com a situação financeira e a ética de trabalho de um contratante. Se eles quiserem metade do valor no começo, eles podem ter problemas financeiros ou ficarem preocupados com o fato de você não pagar o restante depois de ver o trabalho. Para projetos grandes, um cronograma geralmente começa com 10% na assinatura do contrato, três pagamentos de 25% divididos uniformemente ao longo da duração do projeto e uma verificação dos 15% finais quando você sente que todos os itens da lista de pedidos foram concluídos. Muitos pedreiros, porém, podem pedir por pagamentos semanais.

Não deixe que o preço seja o seu guia para contratar um pedreiro

Pedreiros que cobram muito barato provavelmente estão desesperados por um trabalho, um sinal bastante ruim. Além da competência técnica, o conforto deve desempenhar um papel igual ou maior em sua decisão. O fator mais importante na escolha de um contratado é o quão bem você e ele se comunicam. Todas as coisas são iguais, é melhor gastar mais e ter alguém com quem você se sente confortável do que pagar mais barato em um pedreiro que te dará dores de cabeça.

Coloque tudo por escrito

Elaborar um contrato que detalhe cada etapa do projeto: cronograma de pagamento, responsabilidade civil e pagamentos de compensação do trabalhador; uma data de início e data de conclusão prevista; materiais e produtos específicos a serem utilizados; e uma exigência de que o contratado obtenha alvarás, e que os materiais específicos serão usados no projeto. Insistir em um contrato claro não é sobre desconfiança. É sobre garantir um projeto bem sucedido. Inclua também detalhes para possíveis aumentos nos custos, como serão feitos e adicionados no contrato, principalmente se é uma reforma de uma casa mais antiga.

Escolha um pedreiro especializado em seu tipo de projeto

É importante pesquisar os pedreiros para saber se eles têm experiência em um tipo de projeto. Hoje, muitos projetos são específicos, e você precisa saber se o pedreiro já tem conhecimento para o tipo de projeto específico que você está fazendo. Cursos e certificados podem te ajudar a escolher um pedreiro bom nesse aspecto.

Saiba quem está realizando o trabalho com o pedreiro

A pessoa que você está contratando fará o trabalho sozinho ou terá outras pessoas trabalhando com ela? É bom saber quem vai aparecer à sua porta, e grandes trabalhos como adições e grandes reformas terão mais de um profissional trabalhando. Ter subcontratados às vezes é uma coisa boa pois agiliza o trabalho.

Dê as orientações ao pedreiro para trabalhar na sua casa ou ao redor dela

Se você não quer que os trabalhadores apareçam antes de um certo horário, passem de uma determinada hora, usem seu banheiro, ou você precisa ter o projeto terminado em uma data específica, diga ao pedreiro antes de contratá-lo. O pedreiro pode não querer ou aceitar o trabalho com base em seus parâmetros. O pedreiro precisa saber quais são seus limites e quais são suas expectativas

Saiba quais são suas responsabilidades

Você pode ter que mover tudo para fora de um quarto para que ele possa ser pintado ou remover uma cerca para que um caminhão de concreto possa ser conduzido ao seu quintal. Você tem responsabilidades que podem envolver um pouco de dor de cabeça. Saiba também como cuidar dos seus bichinhos de estimação durante a obra para evitar problemas com os pedreiros.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)