Comprar um imóvel , provavelmente, a maior decisão financeira que você vai ter que fazer. Agora, como você sabe se é a decisão certa para você agora ou se seria melhor alugar em vez disso?

Hipoteca ou aluguel?

Possuir sua própria casa é um compromisso enorme, não apenas para o tipo de construção que você compra e a área que você escolhe para viver, mas também para sua vida (e para outra pessoa também, se você está comprando com um ente querido ou amigo).

Benefícios de possuir sua casa

Há muitos benefícios para a casa própria. Aqui estão apenas alguns deles:

Melhoria na qualidade de vida

Uma vez que você pagou a sua hipoteca, a sua casa vai ser sua e pode valer muito mais do que você pagou por ela. Cada prestação paga é um passo na direção do corte de custos mensais e uma possível melhora na qualidade de vida no futuro, dado que você não terá mais que “gastar” com a hipoteca.

Valorização do imóvel

Se sua casa aumenta em valor, você pode usar esse capital para ajudá-lo a comprar uma casa maior ou para financiar uma aposentadoria mais confortável, caso você resolva reduzir o tamanho da sua casa. No Brasil, a tendência de imóveis é sempre valorizar e na grande maioria das vezes eles valorizam mais do que outros investimentos seguros no mercado financeiro.

Liberdade do aluguel

Quando você se aposentar você não terá, necessariamente, a renda que você precisa para se manter pagando um aluguel. Se você pagar sua hipoteca inteira, você estará vivendo com aluguel gratuito no fim de sua vida, tendo apenas custos para manter sua casa inteira.

Reformas como investimento

Você pode gastar o dinheiro melhorar a sua casa e aumentar o seu valor, ao passo que você não pode alterar uma casa alugada sem a permissão do proprietário. Além disso, mesmo que as alterações tenham um desconto no seu aluguel, cada alteração feita irá valorizar a casa alugada e não a “sua” casa.

Facilidade de financiamento

Com as facilidades dadas hoje em dia para se obter financiamentos, às vezes pode ser mais barato comprar do que alugar. É só pensar nas diferenças entre as parcelas, pensando também em como cada investimento vai “render”. Afinal, o aluguel, como muitos dizem, é um dinheiro que você nunca mais vai ter de volta.

Potenciais desvantagens de possuir um imóvel

Vamos agora pesar a balança um pouco para o lado do aluguel, destacando as desvantagens de possuir um imóvel.

Custos

É um grande compromisso financeiro para o qual você precisa ter certeza de que você pode pagar o que você está assumindo durante um bom tempo da sua vida.

Manutenção

Você também precisa ter certeza de que você pode pagar os custos de manutenção, tais como a substituição de um piso mal instalado, impermeabilização de um telhado, infiltrações no apartamento vizinho que vem do seu apartamento. Se você assumir o compromisso financeiro de uma hipoteca, pode acabar se ressentindo de não ter dinheiro para refeições, festas e entretenimento. É um sacrifício que vai durar por um longo período em sua vida.

Você tem menos flexibilidade do que ao alugar

Por exemplo, se você deseja se mudar por razões de trabalho ou pessoais, vender sua casa e seguir em frente é muito mais caro. Você você vai ter os custos com a avaliação do valor do imóvel, custos advocatícios na análise e criação do contrato de venda, os custos da própria mudança. Tenha em mente também que pode não ser sempre fácil de vender a sua casa: você vai ser dependente do que está acontecendo no mercado e até no seu bairro. Afinal, ninguém se interessa muito por bairros onde a violência ou outros problemas comuns dos grandes centros urbanos estejam acontecendo.

O problema do divórcio

Se você está vivendo com outra pessoa e os dois se separaram, o processo de separar a propriedade será muito mais complicado e caro, além de poder potencialmente causar prejuízos altos para os dois lados da história.

A importante decisão da compra ou aluguel de um imóvel

Comprar ou alugar pode parecer até uma decisão fácil, mas não é o que parece. Você tem que pesar bem as possibilidades antes de assumir um compromisso financeiro que talvez, você não possa pagar. (Foto: divulgação)

É melhor comprar ou alugar?

Você não necessariamente vai estar melhor ao comprar um imóvel ao invés de alugar uma casa. O principal elemento nessa análise está no valor da propriedade.

Apesar disso ser raro no Brasil, se o valor de sua propriedade cai, você pode encontrar-se incapaz de vender sua casa pois sairá no prejuízo e não conseguirá comprar outro imóvel em outro lugar.

Por outro lado, se os preços das casas sobem, você poderia fazer um bom lucro, o que poderia ajudar a financiar uma mudança para uma casa maior ou dar-lhe um montante fixo, se você optar por reduzir o tamanho mais tarde na vida .

Você pode se dar ao luxo de comprar?

O primeiro passo para a compra de um imóvel é descobrir se você pode dar ao luxo de fazê-lo. Há muitos custos associados com a compra de sua própria casa além de seus pagamentos de hipoteca, incluindo:

  • Depósito inicial (entrada);
  • Custos legais, como honorários de advogado;
  • Honorários do corretor de imóveis;
  • Impostos envolvidos nos atos de compra e venda do imóvel;
  • Custos de reformas e adaptações;
  • Contas mensais: gás, eletricidade, telefone, internet etc.

Estou endividado, mas quero comprar um imóvel

Um imóvel é um investimento para a vida. E como a maioria dos brasileiros, você vai pegar um empréstimo para comprá-lo, assumindo então uma dívida. Se você já está endividado, significa que você não tem a disciplina financeira ou está em um momento da sua vida que assumir mais dívidas podem acabar piorando sua situação ainda mais. Organize sua vida antes de comprar um imóvel com um aluguel barato.

A paciência para a compra

Se a compra não é uma opção para você neste momento, pense sobre a criação de um plano de poupança para atingir seu objetivo no futuro.

  • Estime seu custo de compra geral e os custos da mudança;
  • Quanto você pode dar ao luxo de pegar de empréstimo?
  • Defina uma meta de poupança e espalhe este valor em contribuições mensais para um depósito.

Encare o aluguel como um “estágio” para sua casa própria

Se você estiver com uma renda baixa, está tentando comprar a sua primeira casa ou se é um trabalhador chave, existem vários esquemas disponíveis que permitem a compra de uma casa relativamente barata, gradualmente, ao longo do tempo. Com essa facilidade, é fácil pensar na realização do grande sonho de ter uma casa.

Só que muitas pessoas que querem comprar ainda não tiveram a experiência de alugar uma casa por algum tempo para entender os custos envolvidos com a residência. Por exemplo, no apartamento que alugo atualmente, há uma infiltração no banheiro e que o vizinho de cima terá de reformar. Imagine se este custo fosse meu: será que eu teria dinheiro para pagar a reforma do meu vizinho? Tudo isso são coisas que você não pensa antes de comprar um imóvel, já que sair do aluguel é sim, algo muito positivo. Mas pode ser o começo de uma grande ruína financeira.

Além disso, muitas pessoas não tem o dinheiro para comprar uma casa. Que tal alugar uma bem barata, com um aluguel acessível até economizar o suficiente para a compra de um imóvel?

Pesou bem os dois lados da história? Decidiu o que fazer? Compartilhe nos comentários como você chegou a conclusão de comprar ou alugar, ajudando outros leitores a tomarem essa importante decisão.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)