Comprar sua primeira casa pode ser um dos eventos mais emocionantes na vida adulta. De muitas maneiras, é o marcador primário da nossa sociedade do ápice da idade adulta, um símbolo da prudência financeira e o sinal final de estabilidade. Mas sem o devido planejamento, comprar o seu primeiro lugar pode ser algo cheio de estresse, medo e problemas. Aqui estão sete pré-requisitos financeiros que são necessários antes de assinar na linha pontilhada e começar a escolher as cortinas e bancadas de sua nova casa.

Banque um adiantamento grande o suficiente

Pergunte a 12 pessoas qual é um pré-pagamento  aceitável (entrada), e você vai ter uma dúzia de respostas diferentes. O pagamento deve ser grande o suficiente para fazer a hipoteca gerenciável mês a mês, mesmo se houver um problema financeiro temporário. Lembre-se que a cada real que você salvar para o seu pagamento, você tem um real a menos que você precisa tomar emprestado e um real a menos que você estará pagando de juros sobre nos próximos 30 anos.

Entenda o quanto você quer pagar

Os credores são ótimos para nos dizer exatamente o quanto de uma hipoteca que podemos pagar com base em fatores como o nosso pagamento e relação de dívida com nossos ganhos mensais. Mas eu acho que há uma pergunta muito mais importante: quanto queremos pagar?

Pergunte a si mesmo: Que tipo de estilo de vida que eu gostaria de ter depois que eu comprar minha casa? Qual o nível de dívida hipotecária estou confortável em ter? Considere seus outros objetivos financeiros e calcule quanto dinheiro você está disposto a dedicar para sua hipoteca, o seguro de hipoteca, impostos sobre a propriedade e taxas como o IPTU. Pense também se vai valer a pena mudar seu estilo de vida para um tipo mais barato caso os custos sejam bem altos.

Estabeleça sua relação de crédito com os bancos e instituições financeiras

Apesar da CAIXA ser a primeira opção da maior parte das pessoas que estão buscando o financiamento de um imóvel, existem outras opções de financiamento no mercado que podem ser também atrativas. Entre em contato com gerentes de diferentes instituições bancárias e peça a eles um orçamento para futuros financiamentos. Quanto mais valores você obter para comparar, melhores serão as condições e taxas que você poderá receber.

Cuidados com as finanças de comprar casas

Antes de comprar uma casa, aprenda bem sobre suas finanças para não ter problemas no meio do caminho. (Foto: business.financialpost.com)

Avalie a sua estabilidade no emprego

Sabendo que o seu rendimento é relativamente seguro é um requisito importante, mas muitas vezes ignorado ao comprar uma casa. Conversas francas com seu chefe sempre que estiver prestes a fazer uma grande compra podem te dar um norte da estabilidade do seu emprego e suas projeções de futuro. Baseie pelo menos parte da sua decisão de compra sobre as respostas que receber e tente não ser tão direto, mas o mais discreto possível e explicar porque está pedindo o conselho.

Normalmente, a conversa começa algo assim : “Ei, Chefe, eu estou pensando em colocar uma oferta em em um apartamento e só queria cobrir minhas bases em relação a empresa. Há alguma coisa que eu deveria estar preocupado ou potenciais problemas no caminho que podem fazer deste um mau momento para assumir um grande compromisso financeiro?”

Claro, não há garantias de qualquer trabalho e nem todos os empregadores vão acolher esta abordagem ou dar respostas satisfatórias. Mas isso ajuda para colocar a ideia lá fora e tentar, tanto quanto possível, ter uma noção clara de seu emprego no curto e longo prazo.

Cortar sua dívida de consumo

Independentemente de como seja sua relação dívida/proventos, você deve se esforçar para reduzir drasticamente ou eliminar totalmente a dívida do consumidor, antes de comprar uma casa. E depois, resista a tentação irritante de usar o crédito fácil para remodelar ou reformar a casa. A maneira mais rápida para azedar em casa própria é empilhar uma fatura de cartão de crédito em cima de novas despesas, como pagamentos de hipoteca, seguro de imóveis, impostos sobre a propriedade e custos de manutenção. Pare de gastar demais antes comprar sua casa ou você vai acabar com sérios problemas financeiros.

Construa um Fundo de Emergência Saudável

A conta de emergência bem financiada não só o protege de soluços financeiros e de emprego como também protege seus ativos. Tenha pelo menos seis a oito meses de renda guardados e disponíveis para retirada como uma obrigação antes de se comprometer com a compra de sua primeira casa. Se guardar dinheiro parece impossível, considerar algumas estratégias criativas sobre como construir um fundo de emergência como pegar um emprego de meio período nos finais de semana.

Financie sua aposentadoria

Não deixe que o processo de compra de casa o distraia do planejamento de aposentadoria sólida. Contribua para a Previdência, seja pelo INSS ou um plano de Previdência Privada a uma taxa que lhe permite tirar o máximo possível de seu dinheiro. Poupadores Jovens que começam cedo e são consistentes podem se beneficiar de um horizonte de investimento mais longo e que, com certeza, é melhor do que o pânico para ter dinheiro na aposentadoria mais tarde).

Considerações Finais

Para quem compra uma casa pela primeira vez, tomar o salto financeiro pode ser assustador. Mas há poder real em compreender nossas realidades financeiras bem além do que os credores hipotecários tentam nos contar. E quando estamos capacitados o suficiente para conhecer verdadeiramente as nossas figuras financeiras, podemos fazer as melhores escolhas no processo da casa própria

Será que eu deixei algo de fora? O que mais compradores de casas pela primeira vez devem fazer antes de comprar uma casa ?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)