Muitas pessoas pensam sobre a ideia de alugar suas casas. Eles podem querer o benefício de renda extra para economizar dinheiro ou pagar as contas, ou eles podem escolher este método como uma maneira de esperar as coisas até que a economia melhore para vender o imóvel. Os motivos são variados, mas é possível que este plano se torne mais problemas do que vale a pena quando não o planejamento certo para se tornar o locador de uma propriedade. Vamos entender os riscos e preparações necessários para a venda de um bom imóvel.

Como alugar meu imóvel com segurança: compreendendo sua responsabilidade

Primeiro, você deve determinar se ser um senhorio é uma obrigação que você pode mesmo lidar. Os benefícios do aluguel são numerosos, como afastar a possibilidade de vandalismo a uma casa vazia, a facilidade de incentivos fiscais e a capacidade de gerar renda que cubra as contas e, possivelmente, até gera um lucro.

No entanto, ser um locador é também mais uma responsabilidade que você precisa encaixar em sua vida, e é seguro assumir que as coisas podem deixar de funcionar sem aviso aparente. Você precisará ficar atento para reparos e manutenção, coletar aluguel, prestar atenção na apólice de seguro do imóvel que o inquilino está pagando e tentar evitar a criação de uma casa menos atraente para potenciais compradores, mantendo um olho nas habilidades de conservação do inquilino. Tudo isso independente do que uma imobiliária possa fazer ou deixar de fazer pelo seu imóvel..

Como colocar um imóvel para alugar: preparando o imóvel

Em um mercado com alta oferta de imóveis para aluguel, os inquilinos estarão mais atentos ao que você tem a oferecer em seu imóvel.

Prepare-se para o novo inquilino limpando o imóvel e certificando-se de que tudo está funcionando e está em boas condições. Uma inspeção por um engenheiro, completa, é recomendada, mas que investigue também encanamentos, janelas, portas, e tudo mais que geralmente não é investigado em uma inspeção tradicional.

Se você decidiu que você está alugando um quarto ou área dentro de sua casa, certifique-se que você pode proteger essa área do resto de sua casa.

Como alugar seu imóvel com segurança: vendendo seu peixe

Uma vez que a casa foi preparada, desenvolva uma lista descrevendo o que torna a casa atraente. Tome nota das características comumente desejáveis, tais como garagem, móveis, e eletrodomésticos que a casa possa já ter. Use condições de locação para ajudar a vender a propriedade. Pisos de madeira bem cuidados, aço inoxidável em pias e superfícies molhadas, são bem atraentes para futuros locatários.

Em seguida, poste um anúncio da casa em sites respeitáveis. Colocar em jornais locais também é uma opção. Você também pode intermediar o aluguel através de uma imobiliária, mas é bom pesquisar as condições de cada uma delas antes de fechar qualquer acordo.

Além disso, fique consciente da época do ano durante a qual você pretende alugar. Locatários geralmente se mudam em determinadas estações. Durante as estações de pico você pode alugar sua unidade ainda mais cara. Os meses de verão, em geral, parecem ser os melhores momentos para localizar um inquilino; No entanto, esta sazonalidade pode variar de cidade para cidade, e geralmente dezembro, janeiro, e julho são os meses em que há mais procura.

Documentos para alugar imóvel: contratando profissionais

Alugar para fora sua casa pode parecer uma tarefa simples, mas é importante conversar com advogados e outros profissionais para certificar-se de que você está cumprindo com as leis fiscais e regras de propriedade locais como resultado do novo status. Isso inclui também consultar um contador para saber como declarar sua renda do aluguel corretamente.

Um advogado também pode ajudá-lo a navegar pelas leis de aluguel, e na construção de um contrato de locação que esteja de acordo com as leis e possa proteger você e o inquilino igualmente. É bom conversar com um advogado mesmo se você estiver alugando por uma imobiliária.

  • Tenha em mãos os seguintes documentos:
  • Escritura do imóvel
  • Documento de identificação com foto e CPF dos proprietários do imóvel
  • Comprovante de residência

Deixe todos os proprietários do imóvel a postos para assinaturas necessárias para fechar o negócio.

Como alugar um imóvel pela imobiliária ou por conta própria: defina preços competitivos

Defina o custo do aluguel aprendendo sobre o valor de outras propriedades semelhantes em seu bairro ou região. Lembre-se que potenciais inquilinos estarão pesquisando pelos melhores preços, e definir o aluguel a um preço competitivo é necessário certificar-se de destacar todos os aspectos mais valiosos de sua casa. A imobiliária pode te ajudar nessa definição.

Alugar pela imobiliária ou particular: escolha seu inquilino com cuidado

Comece a procurar um inquilino logo que sua propriedade esteja pronta para ser colocada no mercado. Em seguida, escolha o seu inquilino com muito cuidado. Você precisa ser capaz de depender desta pessoa não só para pagar o alugue, mas também para manter sua casa em boas condições. Além disso, se a pessoa é alguém que você possa estar convivendo no dia a dia, aprenda seus hábitos para que você não tenha qualquer surpresa desagradável. Não se esqueça de reunir referências sobre potenciais inquilinos e verificar os históricos de crédito. Você também deve tomar precauções de segurança ao rastrear um inquilino. Uma vez que você encontrou o inquilino certo, é importante ter um bom fiador, um depósito de segurança ou o seguro fiança como garantias de que o imóvel terá o aluguel pago.

Alugar uma casa para um inquilino potencial pode ser benéfico para ambas as partes, mas apenas se os proprietários tomam o tempo para resolver e evitar as armadilhas potenciais desta opção. Você pode ainda até conseguir um futuro comprador para sua casa através do inquilino.

Você aluga uma casa ou apartamento? Como fez para encontrar o inquilino? Que dicas daria para quem está procurando alugar um imóvel?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)