Se você está à procura de seu primeiro apartamento ou casa, ou já é um inquilino experiente na procura de um novo lugar, encontrar um aluguel pode ser um processo complicado. Você pode já saber o que você quer em no imóvel que vai alugar, e você tem provavelmente seu coração voltado para uma área ou bairro específico.

No entanto, alguns aspectos de encontrar e alugar não são exatamente agradáveis. Ao alugar um imóvel, há uma série de coisas que você deve ter em mente para conseguir fazer o processo com segurança e não ter dores de cabeça com o aluguel.

As dicas valem tanto para quem quer alugar um imóvel quanto pra quem vai alugar um imóvel para alguém. Portanto, vamos à elas!

Como alugar meu imóvel com segurança: nome limpo na praça

Pessoas com histórico ruim de crédito muitas vezes se aplicam para aluguel de imóveis porque eles não podem obter aprovação para um empréstimo imobiliário. Mas não pense que todos os gerentes de apartamentos e proprietários vão ou devem aprovar o seu pedido. É verdade que alguns proprietários colocam pouca ênfase no histórico de crédito da pessoa. No entanto, alguns proprietários exigem mais garantias ou sequer alugam para quem tem um histórico ruim de crédito.

Verificar seu histórico de crédito antes de aplicar para um aluguel fornece indícios sobre se você receberá uma aprovação ou não. Requisitos de histórico de crédito variam entre diferentes proprietários. No entanto, é bom que o futuro inquilino melhore seus hábitos de pagamento e faça o pagamento ou um acordo para as contas inadimplentes, melhorando as chances de obter um aluguel. Mas se limpar o nome não for uma opção, é bom ter um dinheiro separado para um bom seguro fiança, além de um ou dois fiadores. O proprietário do imóvel tem que também garantir a segurança de que os valores serão pagos. Portanto, o futuro inquilino tem que fazer de tudo para conquistar a confiança do proprietário.

Como alugar um imóvel

Antes de pegar as chaves do seu aluguel, é importante tomar algumas providências para evitar problemas e conseguir ter um aluguel sem mais dores de cabeça. (Foto: Toronto Star)

Como alugar seu imóvel com segurança: estipule a possibilidade de aumento do aluguel

Se você encontrar um apartamento acessível para alugar, não fique muito animado, pois os preços de aluguel não são fixos. Há duas maneiras principais em que o aluguel pode ser aumentado.

  • Aumentos periódicos de aluguel: assinando um contrato de aluguel, garante que durante o prazo da locação o valor do aluguel poderá ser aumentado. Porém, inquilinos de primeira viagem podem ser surpreendidos com esses aumentos anuais, e precisam ser muito bem informados sobre isso. O ajuste é feito baseado no IGP-M.
  • Renovação do contrato: após o prazo do contrato acabar, um proprietário pode querer renovar o contrato e aumentar o valor do aluguel, de acordo com os índices vigentes para nortear o valor máximo de aumento, o IGP-M.

Vale lembrar que estas possibilidades devem estar previstas em contrato, para evitar quaisquer possíveis problemas com os inquilinos que não estiverem de acordo ou não forem informados pelos problemas que podem enfrentar.

Como alugar um imóvel rápido? Com dois inquilinos

Não é incomum para um imóvel ter mais de um inquilino, e é comum para duas pessoas alugarem um apartamento ou casa juntas como companheiros de quarto. Proprietários não se importam se houver várias pessoas listadas em um contrato de locação. De fato, ter várias pessoas em um aluguel ajuda aos inquilinos para se qualificarem a um aluguel de acordo com a renda, e deixam proprietários com mais possibilidades de indivíduos que podem alugar seus imóveis.

A situação pode mudar dentro de um ano. O companheiro de quarto pode sair do apartamento ou casa, ou a pessoa pode querer ter seu nome retirado do contrato de aluguel. Mas se você optar por compartilhar um contrato com alguém, entenda que você não pode facilmente remover esta pessoa do acordo. Cada pessoa que assina a locação continua a ser responsável pela unidade e os pagamentos de aluguel até o contrato terminar. O proprietário deve se garantir disso, deixando claro termos no contrato que estabeleçam o que vai acontecer se uma pessoa sair do contrato.

Como colocar um imóvel para alugar ou alugar um imóvel: os seguros

Não pense que você não precisa de seguro simplesmente porque você é um locatário, ou porque como proprietário, terá alguém pagando um seguro contra incêndio.. Se um desastre natural ou incêndio destrói seu apartamento, o seguro do senhorio não cobrirá os pertences pessoais dos inquilinos, e o seguro geralmente cobrirá um valor bem menor do que o que o apartamento realmente vale.

Obtenha um seguro completo, inclusive contra roubos e acidentes. Isso vale tanto para o proprietário quanto para o inquilino. Principalmente para quem está alugando um imóvel mobiliado, esses seguros podem fazer a diferença quando ocorrer um prejuízo.

Antes de colocar o imóvel para alugar ou alugar um imóvel, avalie a vizinhança

Você deve escolher um bairro que seja confortável e segura. Alguns inquilinos tomam decisões precipitadas e assinam um contrato sem verificar completamente o bairro, enquanto certos proprietários avaliam o valor de seus aluguéis por baixo por não pesquisarem os valores cobrados por vizinhos ou imóveis semelhantes.

Não apressar o processo de aluguel. Visite a comunidade em diferentes momentos do dia, talvez à noite e nos fins de semana, quando a maioria dos moradores estão em casa. O bairro é calmo? Você se sente seguro? Se possível, fale com algumas das pessoas na comunidade e obtenha suas opiniões sobre o lugar.

Inquilino e locador: inspecionem a propriedade antes de alugar

Tanto inquilino quanto locador devem se propor a realizar uma inspeção antes de assinar o contrato de locação. Alguns proprietários mantêm a água e a eletricidade ligadas, permitindo assim que sejam testadas as torneiras, a água quente, o chuveiro, os banheiros e as luminárias. Se a eletricidade estiver ligada, verifique se os aparelhos funcionam. Se for um apartamento mobiliado, abra a geladeira e o congelador e verifique as temperaturas, ligando também o fogão e o forno. Verifique o telhado para ver se há sinais de vazamentos, ou procure por sinais de infiltrações nas partes úmidas do imóvel, e inspecione o apartamento para sinais de insetos ou roedores, verificando sob as pias para fezes.

Realisticamente, o apartamento pode ter alguns sinais de desgaste, como arranhões em pisos ou bancadas. Se você ver algum dano, tire fotos e notifique o senhorio antes de assinar o contrato de arrendamento. Ao proprietário, cabe consertar o que está apresentando defeito para não ter problemas depois que o inquilino sair, caso o dano tenha sido aumentado com o tempo.

O contrato de locação é o elemento mais importante do aluguel

Não são os documentos, nem como colocar seu imóvel para alugar que importam mais. O contrato é o elemento mais importante de qualquer locação. Sim, os contratos de aluguel são longos e chatos, e pode levar algum tempo para ler o documento inteiro. Entretanto, uma vez que os nomes estão assinados,o negócio está feito. Bons locadores passam por cada página para explicar o documento. Mas em vez de confiar no resumo do locador, sente e leia o documento em sua totalidade. Certifique-se de concordar com todos os termos e, se necessário, faça perguntas. Ambos devem assinar o documento somente se estiverem satisfeitos com os termos do contrato.

Dicas

Não deixe ansiedade para encontrar imóvel ou um locatário resultarem em uma má decisão de aluguel. Não há nada pior do que ficar preso em um contrato de um ano e estar sujeito a condições desfavoráveis, tanto para tirar o inquilino do imóvel quanto para manter o imóvel alugado. Quando comparado com a compra de uma casa, alugar um apartamento não parece um negócio tão importante assim, mas ainda é uma decisão importante. A partir de todos os elementos acima bem definidos, é simples conseguir um contrato sem dores de cabeça. Tomar a decisão de colocar em uma imobiliária ou alugar por conta própria, é outra história. Mas lembre-se sempre de ter pelo menos um advogado te auxiliando durante o processo.

Que passos você tomou para um processo de aluguel tranquilo? Como você se preveniu para evitar dores de cabeça durante o período do contrato?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)