As paredes definem espaços de convivência, oferecendo privacidade para quartos e banheiros, direcionando o tráfego de pedestres e criando planos funcionais. A maioria das paredes é construída durante o projeto inicial da casa. Construindo uma parede com a espessura correta ajudará a melhorar o conforto térmico e acústico dos ambiente dentro de uma casa, auxiliando a criar um ambiente melhor para o convívio. E cada cômodo merece uma espessura de parede específica, o que também ajuda em economias consideráveis na construção.

Qual a espessura de uma parede: paredes com carga e paredes de partição

Quase todas as paredes exteriores suportam algum tipo de carga, o que significa que elas carregam o peso da estrutura acima e transferem-na pelas paredes até o chão. As paredes interiores consistem tanto em paredes de suporte de carga quanto em paredes que não suportam peso, chamadas divisórias. Ambos os tipos de paredes empregam padrões de enquadramento semelhantes, mas uma parede de suporte de carga normalmente está localizada diretamente acima de outra parede de suporte de carga, um feixe ou uma coluna estrutural. Você pode construir uma parede de partição quase em qualquer lugar, a não ser que seja um apartamento. Uma parede que suporta carga é também geralmente mais espessa do que uma parede usada apenas como divisória, salvo paredes de ambientes que precisam se isolar acusticamente de outros.

Espessura de paredes

Construa paredes na espessura certa para ter cômodos com muito mais conforto para seu lar. (Foto: DIY Tips)

Espessura média de parede de alvenaria

As paredes exterior e interior são construídas de forma semelhante, com a parede externa com uma estrutura um pouco mais grossa, geralmente. A espessura média dependerá do tipo de arranjo escolhido para os tijolos, e pode variar entre:

  • Parede à meia vez ou a Parede a meio tijolo: a largura do tijolo corresponderá à largura da parede. Método utilizado para vedações, divisórias internas ou paredes de suporte de carga com até 4 metros de comprimento. Espessura de 20 a 25 cm.
  • Parede a uma vez ou Parede de um tijolo: usados em paredes externas pela alta impermeabilidade, mais resistência e capacidade de suporte de cargas, com espessura de 30 a 35 cm.
  • Parede de uma vez e meia: espessura de 35 cm a 40 cm.
  • Parede de cutelo ou Parede com a face de assentamento visível: para paredes divisórias de fraca espessura ou construções provisórias. A espessura varia entre 10 cm e 14 cm.
  • Parede dupla: duas paredes separadas, com um espaço aberto entre elas. A espessura total pode chegar a mais 40 cm.

Em qual cômodo usar cada espessura de parede?

Cada um dos tipos de parede acima descritos serve melhor para diferentes ambientes na construção, de acordo com a funcionalidade do ambiente. O que é importante é definir a espessura da parede antes de escolher o arranjo dos tijolos. Paredes mais finas são mais baratas, mas não isolam bem o som. Paredes mais espessas isolam melhor o som, mas são muito pesadas para certos ambientes. O ideal é encontrar um equilíbrio entre funcionalidade, custos, e peso para escolher a parede com a espessura certa.

A espessura para alguns cômodos da casa é como se segue:

Paredes de cômodos que dobram como paredes externas: espessura mínima de 20 cm; 30 cm quando a parede está virada para um local de grande movimento e barulho.

Paredes de sala de jantar e sala de estar: quando isoladas de outros cômodos de descanso ou estudos (quartos, bibliotecas, escritórios, etc), as paredes podem variar entre 15 cm e 20 cm. Quando estão conectadas a esses cômodos, pelo menos as paredes conectadas devem ter uma espessura mínima de 20 cm.

Paredes de quartos: a espessura mínima recomendada para quartos é de 20 cm para o maior conforto acústico.

Paredes de banheiros: espessura recomendada entre 20 cm e 30 cm por questões de impermeabilização do ambiente.

Sala de TV e sala de jogos: o ideal para esses cômodos é uma parede a partir de 30 cm para um bom isolamento acústico.

Cozinha: uma boa espessura média para esse cômodo é de 20 cm, mas dependendo da localização na casa (próxima de quartos ou ambientes mais calmos), a espessura pode aumentar para 30 cm.

Vale lembrar que essas espessuras podem ser menores ou maiores dependendo do material usado na construção das paredes. Por exemplo, paredes de drywall podem ser mais finas e serem tratadas termicamente e acusticamente para ter um desempenho até melhor do que paredes mais grossas de alvenaria. Blocos sólidos podem ser mais pesados, mas podem fazer o mesmo trabalho de paredes mais grossas onde é usada a alvenaria estrutural. Converse com seu engenheiro para ter outras opções e escolher o melhor custo/benefício para sua construção.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder o quanto antes!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)