Alvenaria de vedação é um termo da construção civil que pode causar certas dúvidas em construtores, pedreiros, engenheiros, e diversos profissionais da construção civil. Ao entender a alvenaria de vedação, é possível conhecer diferentes tipos e estruturas para atender ás demandas de construções modernas e eficientes.

O que é alvenaria de vedação?

Uma parede que não ajuda a estrutura a se levantar e se sustenta apenas a si mesma é conhecida como alvenaria de vedação. Estas paredes não suportam qualquer tipo de carga, servindo apenas para o propósito de “vedar” um ambiente, deixando-o protegido ou mais privado. São também chamadas de paredes não estruturais.

Características da alvenaria de vedação

A alvenaria das paredes não estruturais ou de vedação tem certas características que precisam ser devidamente conhecidas pelos profissionais e interessados nas construções.

Uma parede sem carga ou de alvenaria de vedação não suporta as cargas do teto do piso acima, nem da laje que vem logo acima dela.

A alvenaria de vedação faz parte do sistema de estrutura estrutural.

Na maioria das vezes, são paredes internas cujo objetivo é dividir o piso em ambientes, criando espaços mais privados e/ou isolados do resto dos espaços da casa.

Paredes de vedação são construídas mais leves para reduzir o peso morto da estrutura, reduzindo também as cargas sobre os móveis inferiores.

Pode-se remover qualquer parede de alvenaria de vedação sem colocar em risco a segurança do edifício.

As paredes não estruturais podem ser identificadas pela presença de vigas e caibros ao redor da estrutura. Estes são onde estão realmente o peso da estrutura estará distribuído, ao invés da alvenaria.

Eles não são responsáveis ​​pelo suporte gravitacional da propriedade, e são custo efetivas, sendo mais baratas do que paredes que suportam peso (estruturais).

Alvenaria de vedação

A alvenaria de vedação não suporta cargas verticais, apenas suporta o próprio peso. (Foto: divulgação)

Tipos de alvenaria de vedação

A seguir estão os tipos de paredes não estruturais com base na unidade de parede usada:

1. Parede de bloco de concreto

As paredes do edifício de concreto são vazadas. Tem a vantagem de uma grande resistência. Dá estabilidade sem desperdício de material. Geralmente envolvem o uso de estruturas pré-moldadas, agilizando o processo de construção.

2. Parede de tijolos aparentes

É um tipo de alvenaria de vedação sólida, durável e praticamente livre de manutenção. As cores não perdem seu brilho neste tijolo. Os tijolos de fachada são ecológicos e sustentáveis.São geralmente tijolos de argila sólidos.

3. Parede de tijolos ocos

Eles podem reduzir o uso de dispositivos de aquecimento e resfriamento, pois o oco em suas estruturas permite o isolamento térmico com mais eficiência. Os tijolos ocos são econômicos e utilizam menos material, sem necessariamente ser mais fracos do que tijolos maciços.

4. Parede decorativa

São paredes que utilizam tijolos que suportam pouca carga, como tijolos de vidro ou vazados.

Tipos de tijolos para alvenaria de vedação

Os seguintes tijolos são usados para os tijolos da alvenaria de vedação. Podem ser fabricados com diversos materiais, como argila, cerâmica, vidro plástico, concreto, entre outros.

Tijolo estrutural: são tijolos feitos com diferentes medidas, mas tem em comum os furos presentes. Diferentes quantidades de furos também tem diferentes medidas e nomes, como tijolo baiano.

Tijolo maciço: tijolos feitos com diversas medidas, sólidos. Geralmente tem dimensões menores que tijolos estruturais. Quando feitos de vidro, permitem um certo grau de visibilidade entre ambientes, além da iluminação.

Tijolo refratário: são tijolos feitos para resistir a altas temperaturas.

Tijolo vazado: também conhecido como cobogó, tem função decorativa e não atrapalha muito a visão nem a ventilação entre diferentes ambientes.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)