Maquetes em impressora 3D, como funciona?

Escrito na categoria "Arquitetura" por André M. Coelho.

A impressão 3D é um processo de manufatura que envolve o estabelecimento de várias seções transversais de material em sucessão para duplicar ou modelar um objeto completo.

Vamos imaginar uma cadeira, por exemplo. Uma impressora 3D seria capaz de escanear as dimensões da cadeira, dividir o design em várias seções transversais e, em seguida, replicar a cadeira em qualquer escala, estabelecendo uma camada de cada vez. Para dar uma ideia de como essas camadas são finas, a maioria das impressoras 3D cria modelos com camadas de 0,1 mm de espessura, embora alguns modelos sejam capazes de produzir camadas de impressão de até 16 micrômetros (ou seja, 16 milionésimos de metro). Polímeros e géis são alguns dos materiais mais usados ​​na impressão 3D.

O potencial da tecnologia de impressão 3D para mudar nosso mundo parece ilimitado. Imagine cada lar com uma impressora 3D à sua disposição. Por que ir até a loja para comprar esse novo produto quando você pode baixar o design e imprimi-lo em casa? Além do uso do consumidor, fabricantes, artistas, professores e até mesmo profissionais da área médica podem usar a impressão 3D – os médicos podem em breve ser capazes de “imprimir” peças de reposição com “bioimpressão”. Nas próximas décadas, é muito provável que a impressão 3D mude a face da sociedade como a conhecemos. No entanto, poucos consumidores conhecem as aplicações que a impressão 3D oferece atualmente.

Este artigo concentra-se em um desses aplicativos: impressão 3D para plantas de casas.

Introdução às maquetes impressas em 3D

Aqueles que estão familiarizados com o conceito de impressão 3D de plantas baixas provavelmente foram apresentados por meio da internet. Você já deve ter visto vários modelos na internet, tornando mais fácil para os visualizadores das residências compreender as mudanças que reformas podem causar.

Mas você não precisa ser um Youtuber para ter seus planos de casa transcritos em um modelo tridimensional. Arquitetos, empreiteiros e corretores de imóveis em todo o país agora estão usando a impressão 3D para visualizar melhor as plantas. Essa abordagem traz muitos benefícios, conforme descrito a seguir.

Impressão de maquete

Imprimir sua maquete de casa pode te ajudar a visualizar melhor o projeto e ver como ficará o resultado final. (Foto: Pinterest)

Aplicações vantajosas da impressora 3D para plantas de casas

As aplicações das impressoras 3D são muito vantajosas para as plantas de casas.

1. Fácil de entender

A impressão 3D cria um modelo que qualquer pessoa pode entender facilmente. Pense na última vez que você olhou um conjunto de plantas; a menos que você esteja revisando as plantas baixas todos os dias para o seu trabalho, é difícil imaginar rapidamente como será o resultado final. No entanto, a impressão 3D permite que proprietários de residências e desenvolvedores compreendam imediatamente o significado por trás das plantas baixas do projeto.

2. Poupança de custos

A impressão 3D traz economia de custos de duas maneiras. Em primeiro lugar, a impressão 3D automatizada é normalmente muito mais barata do que os modelos feitos à mão. Em segundo lugar, ter um modelo preciso de um projeto de planta de casa proposto evita mudanças caras posteriormente, garantindo que todas as partes possam prever com precisão o resultado final.

3. Rapidez

Mais rápido do que outras tecnologias de modelagem. Arquitetos e construtores apreciam a velocidade da impressão 3D, que é 5 a 10 vezes mais rápida do que outras abordagens de modelagem tridimensional.

4. Cores

Impressão colorida e detalhada. Conforme mencionado acima, os planos de casa podem ser produzidos em cores com impressão tridimensional. Além disso, as impressoras podem incluir etiquetas e detalhes muito intrincados, como grades de deck.

Corretores de imóveis, empreiteiros, arquitetos e proprietários encontram diferentes benefícios na impressão tridimensional de plantas de casas, mas no nível mais básico, todos se beneficiam do fato mais básico sobre a impressão 3D: torna qualquer projeto fácil de imaginar. Os envolvidos com em propriedades e imóveis obtêm uma imagem muito mais clara do projeto do que conseguiriam apenas por meio de planos 2D e conversas.

Portanto, se você é um arquiteto em busca de uma maneira econômica de transmitir projetos a um cliente em potencial ou um proprietário que deseja minimizar problemas futuros visualizando claramente as plantas de sua casa, a impressão 3D pode ser a solução de que você precisa.

Por que usar a impressão 3D em plantas de casas?

Os benefícios de usar uma impressora 3D para criar um modelo físico ou uma réplica de sua futura casa incluem:

Visualize todos os ângulos e espaçamentos – tanto externos quanto internos.

Melhore a comunicação e envolva seus contratados para obter os resultados desejados.

Fornece uma emulação detalhada do design encontrado nas plantas em apenas um formato 2D.

Exiba o interior e o exterior enquanto dá uma visão geral de toda a casa antes de ser construída.

Teste a orientação de sua casa em sua propriedade para otimizar a luz solar em casa.

Os benefícios de usar uma impressora 3D para criar um modelo físico ou réplica de seu

Visualize todos os ângulos e espaçamentos – tanto externos quanto internos.

Melhore a comunicação e envolva seus contratados para obter os resultados desejados.

Fornece uma emulação detalhada do design encontrado nas plantas em apenas um formato 2D.

Exiba o interior e o exterior enquanto dá uma visão geral de toda a casa antes de ser construída.

Teste a orientação de sua casa em sua propriedade para otimizar a luz solar em casa.

Como posso obter meu modelo 3D impresso?

Se você tem uma impressora 3D em casa, essa é uma ótima maneira de começar. Se você não quer comprar uma impressora e aprender a usá-la, felizmente, existem serviços de impressão 3D em muitas cidades e estados hoje. Online existem diversas empresas que fornecem este serviço e podem ser exatamente o que você precisa.

Posso construir minha casa real com uma impressora 3D?

Em teoria, isso poderia ser feito – mas não aconselharíamos! Na verdade, casas foram construídas recentemente ou estão em desenvolvimento usando impressoras 3D. Essas casas demonstram as possibilidades da tecnologia. No entanto, eles também não são muito práticos – embora sejam extremamente caros. Alguns diriam que também não são muito “caseiros”.

A tecnologia de impressão 3D ainda está em seus estágios iniciais – pense no computador pessoal no início dos anos 70 ou nos telefones celulares no início dos anos 80. Não é inconcebível que os avanços na tecnologia de impressão 3D possam revolucionar a maneira como construímos casas. Alguns benefícios potenciais das residências impressas em 3D no futuro podem ser:

Menos desperdício de materiais na construção de casas.

Menor transporte de materiais e produtos.

As casas são construídas sob encomenda.

A impressão 3D pode até levar a mudanças em nossas próprias preferências no design de uma casa.

Expressão individual.

Democratização do projeto arquitetônico.

O que acham de maquetes com impressão 3D? Valem a pena?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

A mãe de André sempre gostou de fazer reformas na casa que tem em um sítio. André aprendeu com ela, e quando comprou seu apartamento, começou a projetar, reformar, e adaptar diversas coisas que não gostava. Como síndico do prédio, convenceu os moradores a trocar a rede elétrica da década de 70, trocar os extintores por modelos mais seguros, e adaptar as escadas do prédio com corrimões mais seguros. Hoje está com um projeto de um imóvel na zona rural, compartilhando no site 2 Quartos tudo que vai aprendendo sobre reformas, construção, e mercado imobiliário.

Deixe um comentário