Antes da década de 1950, gesso era o meio preferido para criar paredes e tetos lindamente texturizados ou perfeitamente suaves. O gesso era um meio popular de construção mesmo antes disso, com fontes históricas afirmando que o gesso tinha sido usado para alisar a alvenaria interior desde a época do Império Romano. No uso do gesso para o forro decorativo, não é diferente.

Teto rebaixado com gesso e iluminação: tendência que veio para ficar

De alguma maneira, o gesso saiu de moda na última parte da década de 1960, principalmente devido à introdução de outros materiais que forneciam acabamentos semelhantes, mas requeriam menos tempo e menos habilidade para sua aplicação. Foi também durante esta época que o aumento crescente de problemas de saúde relacionados com materiais de construção mais velhos tornou-se conhecido, e com este medo, o gesso lentamente perdeu seu status elevado como um material de acabamento de primeira linha.

Nos últimos anos, porém, isso mudou. Placas de gesso e moldes prontos facilitam o trabalho dos aplicadores de forros e tetos, que só tem de fixá-las ao teto. A iluminação embutida nesses tetos dá uma funcionalidade maior e vida para o ambiente. A economia em não ter de refazer um teto de alvenaria para mudar o visual de uma casa é clara, e os benefícios do gesso são cada vez mais claros na construção civil e arquitetura.

Vantagens do forro de gesso

Um forro de gesso pode ser facilmente personalizado, enquanto um teto de alvenaria é caro e demorado para ser alterado. (Foto: MF Gesso)

Teto de gesso para sala ou quarto é seguro?

O gesso é conhecido como um material muito seguro. Embora não seja necessariamente o primeiro na linha de opções para o trabalho de teto ou painéis, certamente é um dos que oferece uma das melhores relações entre custo e benefício, sendo fácil de ser manipulado e com uma grande quantidade de mão de obra disponível para o trabalho com esse tipo de forro.

Formas diferentes no forro de gesso

Com as placas de gesso e um bom profissional, é possível fazer belas formas no teto, como esses círculos de iluminação. (Foto: www.sulmodulos.com.br)

Decoração de gesso para sala ou quarto é moderna?

Enquanto algumas pessoas podem achar que gesso é um pouco desatualizado, antiquado, ou mesmo um material barato, tudo dependerá do acabamento e da qualidade da mão de obra. Há um charme inegável para o trabalho em gesso e que é um pouco inimitável. Ele possui uma elegância tranquila, e um charme do velho mundo que é geralmente ausente na estética mais moderna. Devido a isso, há um crescente renascimento de interesse no gesso não apenas para painéis com linhas retas, modernas, mas também para painéis com linhas e desenhos das mais variadas formas.

Trabalhabilidade superior do gesso

O gesso pode ser facilmente montado em uma variedade de texturas. É possível variar seu design da suavidade extrema, do minimalismo, até uma superfície rica em texturas que a maioria de materiais modernos não podem emular perfeitamente.

Decoração de teto com gesso

Desenhos e formas no teto de gesso deixam ele com um visual único, impressionante, e dá um toque extra de decoração a qualquer ambiente. (Foto: Dica da Net)

Capacidade para molde e resistência

O gessos pode facilmente ser moldado em todos os tipos de formas simples ou intrincadas, como sancas hiper trabalhadas ou texturas de teto. Uma vez seco, é capaz de manter a sua forma e tem o benefício adicional de tornar-se mais duro à medida que envelhece, tornando-o perfeito para painéis, molduras, forros, sancas e outros detalhes estéticos que exigem durabilidade, sem sacrificar detalhes.

Natureza leve do gesso

O gesso é extremamente leve e pode ser facilmente transportado e instalado com relativa facilidade, muitas vezes com pouca necessidade de mão de obra pesada. Isso não só torna a instalação e transporte mais barato, quando comparado com material de outros tipos de forro, como também torna destaques de gesso possíveis para uma estética mais detalhada.

Forro e teto de gesso: preço

A razão para o aumento constante de interesse no trabalho em gesso não é um mistério. Na verdade, é um pouco óbvio que o gesso combina conveniência, bom gosto, e baixos custos. Cada metro quadrado de um forro de gesso ou drywall custa, com a mão de obra inclusa, uma média de 5% do valor do salário mínimo vigente. Isso sem contar também a pintura sobre o gesso, que será necessária após o trabalho.

Em resumo, com o gesso, você tem um recurso estético barato, bonito, e moderno. Nosso único conselho é evitar o uso do forro de gesso em regiões de muita umidade. Outros materiais lidam melhor com ela, e o gesso pode ser muito prejudicado ao ter que lidar com água numa base diária.

Você tem forro de gesso em casa? O que acha do forro? Recomendaria a mais pessoas para fazerem?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)