É um problema tão comum quando o clima esquenta sentirmos falta de um ar condicionado potente. Mesmo com um ar condicionado novo, profissionais ouvem isso o tempo todo: “meu sistema está com pouco gás” ou “meu freon está com pouca carga novamente”. Se o seu sistema “usa” líquido refrigerante, você tem um problema maior.

Como funciona um ar condicionado?

Aqui está o que você precisa saber: os sistemas de ar condicionado não são como um carro; eles não queimam gás para operar. O seu ar condicionado é um circuito fechado, ele resfria o ar alterando o refrigerante dentro das bobinas de cobre do estado líquido para o estado gasoso. Em seu estado líquido, os gases são muito frios. No estado gasoso, ambos os compostos químicos são quentes.

O trabalho do seu compressor é comprimir o gás de volta ao líquido e bombear o gás da unidade externa, onde o calor é liberado no ar para ajudar a resfriar o gás de volta à forma líquida, de volta ao conjunto de linhas de cobre e à unidade de tratamento de ar geralmente localizado dentro de sua casa. O split de ar traz o ar quente através dos retornos e o puxa pela bobina fria para resfriá-lo, condicionando sua casa.

Gás no ar condicionado novo

Seu ar condicionado novo só precisará de gás se ele foi mal instalado ou se ele teve algum vazamento. (Foto: Pradeep Air Conditioner)

Ar condicionado novo precisa de gás?

Não, não deveria, a menos que tenha havido um vazamento ou um técnico tenha ajustado a carga de forma incorreta. O refrigerante é caro. Uma carga incorreta faz com que o sistema trabalhe mais do que o necessário, aumentando o tempo de execução e suas contas de energia. Um ar novo pode perder gás na instalação mal feita, e por isso, é sempre bom ter bons profissionais para instalar seu sistema.

Ficar realmente com pouco refrigerante pode causar o congelamento do sistema. Isso pode causar muitos problemas diferentes. Primeiro, ele estressará o compressor enquanto ele tenta bombear e não consegue. Então, o sistema será desligado e o gelo derreterá rapidamente. Quando isso acontece, a água não pode ser contida pelas linhas de drenagem, pois não aguenta tanta água. Isso leva à água em sua casa, no teto ou no chão, o que nunca é bom!

Em resumo, um ar condicionado novo que está com problemas geralmente não é por conta do gás.

Problemas de ar condicionado podem ser de outra origem

Portanto, se você acha que seu sistema não está esfriando bem, talvez seja hora de fazer um ajuste. Se você disse que precisa adicionar refrigerante, tenha cuidado! Muitas empresas oferecem um ajuste por um preço ultra baixo, apenas para descobrir coisas erradas no seu sistema e fazer um reparo para ganhar dinheiro.

A manutenção preventiva é a melhor maneira de evitar vazamentos no sistema. As limpezas completas são a única maneira de evitar que a corrosão do ambiente gaste o metal e permita que suas bobinas vazem. Além disso, a unidade será mais eficiente quando limpa, e a sujeira pode ser o principal problema do seu ar condicionado.

Uma palavra sobre Freon ou R22

A fabricação do freon contém produtos químicos que provaram ser prejudiciais à camada de ozônio. Portanto, quando isso vazar para o ambiente, poderá causar danos a ele. Por causa dos limites, regras e custos de produção, o freon tem ficado caro para produzir e manipular. Portanto, esteja preparado para pagar mais por essa recarga, caso seu sistema exija.

É uma boa política de empresa de manutenção cobrar apenas por um sistema com vazamento verificado. A empresa verificará o vazamento para você e oferecerá um reparo ou substituição da peça com vazamento. Algumas bobinas de cobre podem ser soldadas e fixadas, mas muitas são feitas de alumínio e não podem ser soldadas. Elas simplesmente precisam ser substituídas. Às vezes, substituir a unidade faz mais sentido, mas as boas empresas podem  ajudar a fornecer as informações necessárias para tomar uma decisão informada.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)