Piscina de areia compactada, como é?

Escrito na categoria "Construir e reformar" por André M. Coelho.

Ao pensar em colocar uma piscina em seu jardim, você pode querer pensar nas opções de piscinas naturais como uma adição divertida e bonita para sua casa. Você pode procurar uma piscina de areia compactada, que são piscinas que simulam a areia da praia e proporcionam uma experiência única em seu lar. Mas como elas funcionam? Como fazer?

O que é uma piscina natural de areia compactada?

Já olhou para uma praia e admirou a tranquilidade das águas cristalinas? Não seria bom se você pudesse levar um pedaço dessa beleza natural para casa?

Boas notícias! Você pode!

Uma piscina de areia compactada é organicamente sustentável, o que significa que pode se manter com uma necessidade mínima de produtos químicos. Este tipo de piscina é um tipo de ecossistema fechado que usa soluções naturais, como a própria areia e diversas plantas, para manter o ambiente limpo.

Você pode achar que é uma alternativa refrescante às piscinas tradicionais e um solucionador de problemas fantástico se tiver uma reação adversa a produtos químicos típicos de piscinas, como o cloro.

Piscina de areia: passo a passo do projeto

O aspecto do custo de um projeto como este também não é muito assustador. Os custos de manutenção de piscinas de areia compactada são muito menores do que você pode imaginar se acertar. Fazer você mesmo pode reduzir ainda mais o preço da instalação.

Vamos dar uma olhada em algumas de suas opções e aprender como reduzir o custo de construção de uma piscina totalmente natural arregaçando as mangas e fazendo você mesmo.

Piscina de areia

A piscina de areia simula a praia em sua casa, e tem um impacto visual muito bom. (Foto: THE PUBLICATION HUB)

1. Seja realista com sua construção

Se você estiver construindo uma piscina com um pouco de brilho extra, é sempre útil se aterrar na ocasião para que seus planos não excedam seu orçamento, construam tempo ou espaço e o deixem desapontado.

Reserve algum tempo para pensar no básico antes de começar a considerar extravagâncias, como fontes, cachoeiras e fontes de água, e você não vai errar muito.

Afinal, ter uma piscina um pouco menos deslumbrante é melhor do que ter que interromper seu projeto até que você tenha o dinheiro para preencher o grande buraco que agora é seu jardim.

2. Mantenha a simplicidade

Simplificando, não morda mais do que você pode mastigar.

Grandes projetos de construção passam por soluços o tempo todo. Portanto, quanto mais simples for o seu projeto, menos provável que isso aconteça. Por que não tentar a seguinte lista de verificação para diminuir a probabilidade da construção de sua piscina natural sair dos trilhos?

Dicas sobre como fazer uma piscina natural de areia simples:

Escolha uma forma simples da piscina

Aprenda o básico antes de pensar em extras

Tenha um plano passo a passo para cada parte da construção da sua piscina

Deixe algum dinheiro extra de lado, caso você se esqueça de custear alguma coisa ou precise de uma ajudinha extra para o dia

Crie um cronograma realista e cumpra-o

3. Escolha um projeto de piscina natural de fundo plano

Você sabe como mencionamos que um projeto de piscina mais simples é mais econômico?

Bem, a inclinação da sua piscina é um fator ao qual isso se aplica. Ter um nível para a base da piscina é mais fácil de acertar e levará menos tempo para ser aperfeiçoado. Você também pode descobrir que precisa do equipamento da planta por um dia a menos ou menos dos materiais de revestimento da piscina.

Depois que sua piscina estiver construída, você também achará mais fácil manter e limpar, optando por um design de piso de piscina um pouco menos complexo.

4. Não deixe sua piscina muito funda

Se você quiser evitar o custo de reforços extras para as paredes de sua piscina, recomendamos que você faça com menos de 2 m de altura. Essa profundidade funcionará muito bem para quem não é um grande entusiasta do mergulho e está procurando manter o custo de fixação

Uma piscina mais rasa também será mais fácil de limpar e manter quando chegar a hora.

Você pode até conseguir deixar a roupa de mergulho e os tanques de oxigênio no armário!

5. Obtenha seu espaço da piscina correto

Piscinas de areia não exigem apenas espaço para nadar. Eles também precisam de uma área reservada ao redor da piscina para vegetação e filtragem. Certifique-se de fazer a coisa certa reservando uma área da superfície da piscina para as plantas rasas que formarão seu ecossistema e eliminarão totalmente a necessidade de um filtro caro, bem como de cloro. Se você não vai usar a filtragem natural, mesmo o filtro artificial precisa de espaço.

Antes de começar a construir sua piscina, por que não mapear uma área em escala para o desenvolvimento, bem como o espaço extra de que você precisará para outras coisas? A transição da água para a areia, inclusive, ocupa um bom espaço.

Isso lhe dará uma visão mais clara do que você está construindo, certifique-se de não superestimar a quantidade de espaço que você tem para trabalhar e garantir que sua nova piscina natural seja o ajuste perfeito.

Piscinas em forma de caixa tendem a ser mais simples de planejar e lidar, então, ao pensar em espaço, por que não torná-lo mais fácil para você optando por uma forma tradicional? Porém, as transições de areia podem ser um pouco complicada em uma piscina em forma de caixa.

6. Pense em seus acessórios para a piscina de areia

A sua piscina precisa de uma variedade de tubos e acessórios para funcionar corretamente, mas isso não é muito agradável à vista.

A fim de criar o paraíso de piscinas com a melhor aparência possível, planeje onde essas luminárias vão ficar e tenha algumas idéias inteligentes sobre como escondê-las da vista.

É aqui que você pode se dar ao luxo de ser um pouco mais criativo e peculiar sem quebrar o banco. Você pode esconder a tubulação da piscina no subsolo, com plantas ou ornamentos. As possibilidades são infinitas! Tudo o que você precisa é um pouco de imaginação.

7. Obtenha o seu sistema de drenagem correto e use um bom fixador de areia para piscina

Não organizar uma drenagem suficiente pode transformar sua piscina natural em um pesadelo absoluto, então não economize no planejamento desta. E se você não usar um bom fixador na areia, pode ser que ela vá embora junto com a drenagem.

Posicione sua piscina em um local que não seja o ponto mais baixo do seu jardim para que você possa descobrir uma maneira de remover as águas superficiais e subterrâneas da área e evitar inundar completamente o resto do seu lindo jardim.

Cerque sua piscina com bons canais de drenagem para conseguir isso e evite transformar seu jardim em um pântano. Como sempre, lembre-se de pensar sobre o posicionamento de sua drenagem para que você não estrague seu belo oásis com canos feios

E não se esqueça de compactar bem a parte inferior da piscina, usando uma areia com um bom fixador por cima para o acabamento.

8. Prepare todos os seus materiais com antecedência

Encomendar com antecedência todos os materiais necessários para a construção de sua piscina pode ajudar seu projeto a continuar funcionando bem porque você não está esperando pelas entregas.

Para ajudá-lo com isso, fiz uma lista dos itens básicos que você precisará para iniciar a construção de sua piscina natural.

Materiais:

Ferramentas:

Lembre-se de que esses são apenas os itens BÁSICOS de que você precisa para começar a construir sua piscina. Certifique-se de planejar seu orçamento para cobrir quaisquer recursos adicionais que você gostaria.

Consulte um especialista se não tiver certeza de quais extras você precisa.

Quanto custa uma piscina de areia compacta?

Qualquer piscina tem custos altos envolvidos, principalmente pelo processo de compactação e impermeabilização do espaço. O preço de uma piscina de areia vai varia de acordo com o solo do local, o tamanho da piscina, a região do país onde você se encontra. Este último vai influenciar muito no preço, porque o acesso para uma areia apropriada para ser compactada na piscina não é fácil.

O custo médio vai começar em 2 salários mínimos por metro quadrado, podendo facilmente chegar ao dobro disso. Este valor é mais ou menos o dobro de uma piscina normal. Com a popularização deste tipo de piscina e uma maior disponibilidade de mão de obra, é possível que os custos reduzam significativamente.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

A mãe de André sempre gostou de fazer reformas na casa que tem em um sítio. André aprendeu com ela, e quando comprou seu apartamento, começou a projetar, reformar, e adaptar diversas coisas que não gostava. Como síndico do prédio, convenceu os moradores a trocar a rede elétrica da década de 70, trocar os extintores por modelos mais seguros, e adaptar as escadas do prédio com corrimões mais seguros. Hoje está com um projeto de um imóvel na zona rural, compartilhando no site 2 Quartos tudo que vai aprendendo sobre reformas, construção, e mercado imobiliário.

Deixe um comentário