A limpeza da caixa d’água do condomínio é algo que deve ser realizado, pelo menos, anualmente. No caso de construções que ficam no chamado “fim da rede” (mais distantes das estações de tratamento e bombeamento), a recomendação é dobrar a frequência de limpeza, para uma vez a cada seis meses. Isso porque quando uma construção recebe água no final da rede de abastecimento, a água está muito suja pelos detritos e desgaste da tubulação no meio do caminho. Mas por que limpar a caixa de água? Como fazer? Quem tem que fazer?

Limpeza da caixa d’água: ANVISA e Legislação

A portaria Nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011 da ANVISA estabelece os procedimentos de vigilância e controle da qualidade da água para consumo humano, estabelecendo os limites saudáveis para algumas informações químicas da água. Em vários municípios e estados, há também legislação que obriga a limpeza de caixas de água apenas por empresas especializadas, que oferecem nota fiscal e certificado de limpeza.

Mesmo onde não é obrigatório, é altamente recomendado que você faça a limpeza da caixa d’água com a periodicidade recomendada acima (1 vez por ano ou uma vez a cada 6 meses). Algumas empresas passam por um controle mais rigoroso, e a limpeza da caixa d’água é uma obrigação estabelecida pela vigilância sanitária.

Limpeza da caixa d’água: por que fazer?

A limpeza e desinfecção de sua caixa de água é necessária para proteger a saúde da sua família. A limpeza irá impedir e remover o acúmulo de sedimentos, algas e do crescimento microbiano que pode deixar uma pessoa doente. Toda a água contém alguns sólidos. Mesmo que você não possa vê-los, eles podem acumular-se ao longo do tempo no reservatório de água e nas paredes dos reservatórios. A limpeza regular também deixa a água com um melhor sabor. Se você usa filtros em casa, e eles tem de ser trocados com muita frequência, limpar a caixa de água pode ajudar a reduzir essas trocas, resultando em uma boa economia de dinheiro.

Importância de limpeza a caixa de água

Uma caixa d’água totalmente limpa é o ideal para sua saúde e de todos que dependem dessa água para o dia a dia. (Foto: www.aen.pr.gov.br)

Limpeza da caixa d’água: como fazer?

Para condomínios e prédios, a limpeza da caixa deve ser realizada por uma empresa especializada. Assim, o síndico e os condôminos tem a garantia da limpeza com um certificado, e qualquer problema poderá ser solucionado rapidamente com a empresa. A limpeza de sua caixa de água deve ser limitada à remoção de sedimentos, algas, lodo ou outras materiais, tais como insetos e animais que podem ter de acumulado. Qualquer resíduo de sedimentos devem ser empurrados para o fundo do tanque e sugados para fora com uma bomba. Faz-se isso esfregando as paredes, tetos e tampa do reservatório e da caixa de água. Um aspirador de piscina também pode ser usado, arrastando-o ao longo do fundo do tanque. Se seu prédio tem um reservatório e uma caixa de água, limpe o reservatório antes da caixa. Esteja ciente que caixas de água feitas em alvenaria e que não recebem limpeza anual, pelo menos, terão que ser impermeabilizadas novamente, na maior parte das vezes. O lodo e sujeira “arrancam” a impermeabilização. Esta, por sua vez, deve ser refeita ou ter uma manutenção realizada de 5 em 5 anos.

  • Antes da limpeza

Comunique aos condôminos e moradores sobre a limpeza do reservatório e da caixa de água. Seguindo as instruções da empresa especializada, feche os registros da rua que vão para o reservatório e caixa, no prazo calculado pela empresa. O cálculo leva em consideração a quantidade de apartamentos e o volume da caixa de água, deixando ela o mais vazia possível na hora em que a limpeza será realizada. Assim, não é necessário jogar água fora. Em lugares com caixa de descarga direta (cano dedicado para isso), os moradores devem ser indicados a não usarem as descargas, ou poderão danificar a tubulação.

Se seu prédio ou casa tem caixa de água de amianto, troque. A limpeza quase sempre não limpa tudo e o amianto é um material cancerígeno. Troque por uma caixa de fibra ou material semelhante. Caso você tenha caixa d’água e reservatórios de alvenaria, planeje uma troca por uma caixa de fibra ou material semelhante, pois são mais seguros, tem manutenção mais barata, e são fáceis de limpar. Se você tem uma hidromassagem ou piscina em casa, aproveite para fazer a manutenção junto.

Lembre-se também de fechar a boia da caixa ou do reservatório, para evitar que água continue entrando antes ou durante a limpeza.

  • Durante a limpeza

Não use jatos de água pressurizados ou produtos químicos. Ambos podem agredir a estrutura do seu reservatório ou caixa de água, resultando em vazamentos ou rachaduras. No caso de caixas de água de alvenaria, o jato pressurizado e os produtos químicos podem remover a impermeabilização.

Como equipamento de segurança, devem ser usadas galochas de cano longo (botas), macacão de borracha, luvas longas e, preferencialmente, uma máscara de respiração para impedir que bactérias, algas e o lodo se alojem nos pulmões.

Para a limpeza, devem ser usadas vassouras e escovas com cerdas apropriadas para o material que está sendo limpo. Por exemplo, uma vassoura de piaçava, que tem cerdas grossas, pode danificar a estrutura de uma caixa d’água de concreto. Um balde e um pano devem ajudar na limpeza da caixa, retirando os resíduos. Use uma bomba de água para ajudar a “expulsar” a água suja, ou use um aspirador de piscina. Repetimos: não use nenhum produto químico na limpeza.

  • Após a limpeza

Após remover a sujeira e toda a água do fundo, abra a boia e o registro da rua, deixando a caixa encher, pelo menos, 20 cm. Feche todos os registros que vão para os moradores. Adicione um litro de água sanitária para cada mil litros de água, deixando essa água “de molho” por 2 horas. A seguir, usando essa mesma água, molhe as paredes com uma esponja, e deixe mais duas horas. Durante este tempo, inspecione a tampa da caixa d’água e providencie os reparos necessários. Não coloque qualquer peso sobre a tampa, e use tampas com vedação apropriada. Existem travas que ajudam a prender a tampa, caso você more em uma região com muitos ventos.

Esvazie a caixa novamente, usando o ladrão da caixa de água, a bomba de água ou o aspirador de piscina. Deixe a caixa encher normalmente após esse último enxágue. Comunique aos moradores que a água deve correr livre e não pode ser usada para consumo (beber) por, pelo menos, 30 minutos. Anote a data em que a caixa foi lavada do lado de fora da caixa ou em um registro do próprio condomínio. Se for encher uma piscina, ofurô ou hidromassagem, aguarde pelo menos uma hora, e deixe a primeira água que chegar ir direto pelo ralo.

Limpeza de caixa d’água de condomínio: empresas

Procure por empresas com certificados de qualidade, além de selos ecológicos. Converse com outras pessoas que já usaram os serviços da empresa anteriormente, e pergunte sobre a qualidade da limpeza. Verifique toda a lista de materiais e produtos usada, bem como a disponibilidade dos profissionais para solucionar quaisquer dúvidas e problemas que os moradores possam ter após a limpeza. O preço pode variar bastante, mas começam em uma média de R$200 para a limpeza de caixas de água de 10.000 litros. Caso sua cidade exija a limpeza das caixas de água, a empresa pode cobrar mais caro pelo serviço.

Ficou alguma dúvida? Tem algo em que podemos ajudar? Deixe nos comentários suas recomendações e empresas que você já contratou para ajudar outros leitores.

4 comentários para “Limpeza de caixa d’água de condomínio! Quando fazer?”

  1. Elida

    Boa tarde, minha duvida é a seguinte: Tem no caso alguma obrigação certa da limpeza? Por exemplo, a limpeza da caixa d’água tem que ser feito a partir de X litros ou por ser de uso coletivo? Ou parcialmente coletivo?. Porque o que acontece, administramos um condomínio de casas, cada casa tem sua própria caixa d’água, mas o Condomínio tem, se eu não me engano, 2 caixas d´água que são para o uso do Salão de festas e dos funcionários locais. No caso é obrigatório a limpeza semestral dessa Caixa d’agua?

    Responder
    • Equipe 2 Quartos

      O condomínio é responsável por limpar as caixas d’água centrais, e cada morador tem que ser responsável pela própria caixa de água.

      Responder
  2. Flávia Rezende

    Boa tarde,
    Tem alguma legislação para Minas Gerais?

    Responder
    • Equipe 2 Quartos

      Não. Em alguns casos há legislação municipal.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)