Plantar em garrafa pet é um processo relativamente fácil. A horta em garrafa pet no chão, nas paredes, suspensas ou em qualquer lugar será um sucesso. Você pode começar uma horta investindo muito dinheiro ou pouco dinheiro. É uma questão de escolha, mas recomendamos, no nossa horta em garrafa pet passo a passo, que você comece com uma versão pequena do tipo de horta pet que quer fazer. É uma boa ideia começar com 4 a 7 garrafas pet na sua horta. Assim, os erros cometidos vão ser mais baratos e fáceis de consertar.

Vamos então aos tipos de hortas em garrafas pet que você pode fazer e como fazer cada uma delas!

Hidroponia passiva com garrafa pet no chão

É um tipo de horta em que as plantas não precisam ser regadas, pois elas mesmas são capazes de se manter bem hidratadas. É interessante pintar a parte inferior da garrafa PET para evitar que algas cresçam no reservatório de água. Você pode usar também cascalhos no reservatório de forma a dificultar o crescimento de algas também.

Hidrponia sem terra

Algumas plantas em hidroponia passiva sequer precisa de terra, como o exemplo da foto. (Foto: www.pinterest.com)

Como fazer? Corte o topo da garrafa pet 4 a 5 dedos abaixo do gargalo. Encha a metade debaixo com água. Faça um furo na tampa da metade de cima e encaixe um canudinho mais grosso ou tubinho de plástico. Coloque a tampa de volta na parte superior da garrafa pet, com o canudinho/tubo, e coloque virada com o gargalo para baixo na parte que está com água. O tubo deve estar encostado no fundo da parte com água, mas sem muitas dobras. Corte os excessos. Depois, faça uma mistura de 1 parte de humus para 1 parte de terra vegetal e coloque na parte da garrafa que está para cima. Plante a muda ou semente, regando a planta apenas uma vez. Troque a água da parte debaixo da garrafa toda semana.

Hidroponia ativa com garrafa pet inclinada

Esta configuração pode ser projetada em uma estufa para quem vive em lugares com o clima muito instável, ou usado apenas para o cultivo de verão. É um sistema mais complexo, e precisa de mais atenção de quem está fazendo o sistema.

Calhas de PVC e garrafas pet inclinadas

Esse é um interessante sistema, mas pode ocupar muito espaço. (Foto: www.pinterest.com)

Como fazer? Use uma calha de PVC inclinada e 5 garrafas PET sem tampa.. Deite as garrafas na calha, com a tampa encaixando na parte inferior da garrafa pet seguinte. Faça essa montagem “seca” para ver se sua calha comporta todas as garrafas pet. Com um marcador, circule na parte inferior das garrafas pet o tamanho do buraco da tampa. Fure com uma faca quente o suficiente para uma garrafa pet encaixar na parte inferior da outra. Encaixe e use silicone para vedar. Deite as garrafas pet na calha de PVC e amarre-as com um arame passando sobre a parte mais grossa do gargalo. Faça um corte circular na “barriga” da garrafa pet que ficar para cima, com não mais que 10 cm. Preencha as garrafas com uma mistura de 1 para 1 de humus e terra vegetal, ou use alguma matéria orgânica. Com o tempo, você pode passar a usar só água e cascalho, mas é mais difícil acertar a mão com esse tipo de horta. Na primeira garrafa da parte superior da calha, faça um furo na parte inferior e por ali, coloque um cano de água pingando ou encaixe outra garrafa pet cheia. Plante suas mudas ou sementes na abertura circular de cada garrafa pet e regue apenas uma vez. Na tampa da última garrafa, você ainda pode fazer um sistema de reaproveitamento com um balde ou tubos de PVC.

Horta com garrafas pet e tubos de PVC

Nesse sistema, você corta a parte superior da garrafa pet no tamanho desejado e “enrosca” aonde a tampa ficaria em uma conexão do tipo “T” em um tubo de PVC. O sistema é altamente escalonável, e ocupa muito pouco espaço.

Sistema de hidroponia com tubos de PVC e garrafas pet

A maior vantagem desse sistema é que ele pode ser adaptado para qualquer tamanho desejado. (Foto: www.permies.com)

Como fazer? Meça a tampa da garrafa pet ou vá a uma loja de tubos e conexões de PVC com uma garrafa. Compre 5 tubos T ou mais, para mais garrafas, alguns metros de tubo PVC normal (que encaixe no tubo T), e luvas para as curvas do sistema. Encaixe os tubos e a parte superior da garrafa PET, com esta voltada para cima. Você pode cortar apenas a parte inferior de uma garrafa pet e usar também como reservatório de água no sistema, ao invés de conectar a uma fonte de água. Vá fazendo o sistema de forma a deixar um certo espaço e inclinação entre as partes “abertas” das garrafas pet e o reservatório. Cole as conexões com cola de PVC, mas deixe pontas abertas no sistema, tampando com um tampão ou usando uma válvula, de forma a facilitar a expansão do sistema. Encha o sistema e o reservatório com água, e coloque uma mistura 1 para 1 de humus e terra vegetal nas partes cortadas da garrafa pet, plantando as mudas ou sementes. Regue uma vez apenas. Troque a água do reservatório semanalmente.

Jardim vertical de garrafas PET

Uma forma de aproveitar as paredes vazias da casa ou criar uma cerca viva barata e bonita. É também uma excelente forma de ter uma horta gerenciável, que não precisa de alguém para ficar cuidando quando você e sua família resolvem viajar.

Horta vertical usando garrafas pet

Nesse sistema, é possível fazer uma horta vertical muito eficiente, combinada com uma cerca viva resistente. (Foto: www.permies.com)

Como fazer? Nesse sistema, você pode pendurar as garrafas pet nas paredes, colocando-as na horizontal e cortando a “barriga” delas, e alguns pequenos furos na parte inferior, para drenar a água. Amarre um fio ou arame em cada “ponta” da garrafa, e pendure em um prego. Você pode ir fazendo nós e ir colocando uma garrafa em cima da outra. Outro jeito para fazer a cerca viva é empilhar as garrafas. Corte o fundo de 5 garrafas pet. e faça um furo na tampa de cada uma. Amarre ou fixe a garrafa pet com a tampa para baixo e preencha com uma mistura 1 para 1 de terra vegetal e humus. Encaixe uma segunda garrafa, preencha com a mistura, e continue encaixando. Você pode prender as garrafas em uma tela de PVC ou metal, para ajudar no crescimento de plantas trepadeiras, principalmente. Corte na barriga de cada garrafa uma tampa de, pelo menos, 5 cm x 5 cm. Plante a semente ou muda nessa tampa, e regue a partir da parte inferior da primeira garrafa de cima.

Este sistema é o melhor para espalhar plantas pela casa, pois ter plantas dentro de casa faz muito bem para sua saúde.

Vaso de planta com garrafa pet

O sistema mais simples e fácil de fazer, e excelente para quem está começando a experimentar com hortas e não quer gastar muito.

Como fazer? Corte a parte superior da garrafa pet, um palmo abaixo do “pescoço” do gargalo. Fure várias vezes a parte inferior da garrafa com um ferro de solda ou um prego quente, para ajudar na drenagem. Coloque, na parte inferior, um dedo de brita ou cascalho. Preencha o restante com uma mistura de 1 parte humus, 1 parte terra vegetal. Plante a muda ou semente, regando uma vez por dia. A parte superior da garrafa pode ser usada em um sistema de irrigação automática. Fure um buraco na tampa e enterre em um vaso com plantas. Encha de água, e a planta só vai usar a quantidade que precisa.

Você tem ideias de hortas com garrafas pet? Quais legumes, verduras e ervas você sugere para quem está fazendo a primeira horta? Compartilhe nos comentários!

 

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)