Escolher o piso certo para a sua casa não é uma decisão fácil, mas é importante escolher direito para não ter problemas depois. Quando você está escolhendo seu piso, há vários elementos a considerar para que você encontrar as opções mais realistas, mantenha o orçamento em dia e seja capaz de terminar o seu projeto dentro dos prazos. Aqui estão sete dicas principais para se certificar de que você não vai cometer erros bobos quando estiver em dúvidas sobre como escolher :o piso ideal para cada ambiente.

Como escolher o piso ideal para cada ambiente?

Você precisa considerar as diferentes necessidades de cada cômodo da casa. Isso significa que você provavelmente vai escolher um piso completamente diferente para um banheiro e um outro piso para uma sala de estar. Mas cada cômodo tem algumas peculiaridades que devem sempre ser levadas em conta.

Salas de estar: são frequentemente espaços abertos centrais que recebem uma grande quantidade de tráfego de pessoas. Opte por um piso que seja altamente resistente a riscos, e que pode lidar com o peso de móveis pesados.

Banheiros: estes cômodos sempre vão se molhar. Muito. Vá para um piso que é resistente a mofos. Você pode também querer um assoalho texturizado, se você estiver procurando algo antiderrapante para pés descalços.

Quartos: se seus quartos estão no andar de cima, as chances são que você vai querer um piso com uma camada de isolamento acústico. Desta forma, você não vai ouvir o pisar de pés acima de você quando você estiver no andar de baixo.

Cozinhas: estes cômodos recebem uma boa quantidade de tráfego, então vá para um piso que seja de baixa manutenção e não mostre a sujeira com facilidade.

Como escolher piso de qualidade: estilo de vida

Este é um dos elementos mais importantes a considerar: como você está  usando o espaço? Você tem filhos, animais de estimação, ou recebe muitas pessoas em casa nos fins de semana? Você pode comprar um piso exageradamente chique e que exige constante manutenção porque não se adequará ao seu estilo de vida. Seja honesto com seu estilo de vida para escolher uma opção realista. Por exemplo, se você está reformando ou comprando uma casa, é inteligente pensar a longo prazo. Você está considerando ter uma família? Isso fará um grande impacto em sua decisão de compra do piso para diferentes cômodos.

Como escolher pisos

Pisos de madeira podem ser texturizados de diversas maneiras, agradando aos mais diversos gostos e preferências. (Foto: Professor’s House)

Escolha um piso que esteja de acordo com seu orçamento e seus prazos

Qual é o seu orçamento disponível? Você fará o piso de vários quartos ou apenas um? Obtenha cotações de preço com base na metragem quadrada do quarto. Desta forma, você pode mapear quanto a alocar para cada cômodo, e você não vai correr o risco de ir muito além do orçamento durante a reforma ou construção.

O prazo é também um fator super importante a considerar. Por exemplo, se você estiver fazendo a instalação do piso por conta própria, você vai querer encomendar todos os materiais com bastante antecedência. Uma encomenda especial pode levar várias semanas para chegar.

Se você tiver sobras de piso após a instalação, guarde-as em um local seguro e seco. Substituir um piso a partir de um estoque existente é muito mais fácil e mais barato do que ter de pesquisar e comprar um piso novo ou apenas parecido com o piso antigo. Isso é, se você ainda for capaz de encontrar o piso antigo.

Porcelanatos e azulejos

Azulejos e porcelanatos são mais resistentes que pisos de madeira, mas demandam uma maior mão de obra e tempo para sua instalação. (Foto: 5imeitan)

Ao escolher um piso, pense em melhorias futuras para seu imóvel

A troca ou instalação do piso faz parte de uma atualização de longo prazo em sua casa? Se assim for, vale a pena escolher um estilo com antecedência e escolher a combinação que coincide com esses estilos. Desta forma, o seu novo piso irá corresponder às atualizações e melhorias que serão feitas no seu imóvel, já deixando tudo pronto para um ambiente mais equilibrado.

Escolha um piso que combine com seu estilo

Que tipo de estilo inspira você? Como você definiria seu estilo? Quando você está escolhendo seu piso, você quer certificar-se de que está combinado com seu estilo pessoal. A menos que você esteja fazendo uma reforma completa, você vai querer certificar-se de que o piso complementa o seu mobiliário atual e cria um destaque único para aquele espaço.

As lojas de pisos permitirão que você leve amostras para casa, na maioria das vezes, ou te darão sites para você comparar diferentes tipos de pisos. Tire proveito disso da melhor maneira que puder. Isso porque a iluminação da sua casa é muito diferente da iluminação que você vai encontrar na loja de materiais de construção. Você quer ter certeza de que o piso que você escolher parece tão bom em sua casa quanto na loja.

Veja as amostras de piso em sua casa em diferentes momentos do dia. Você vai notar como eles parecem diferentes no dia e à noite. Você quer um piso ideal em todas as horas do dia, não apenas em um ou outro horário..

Fazendo desenhos nos pisos

Combinando diferentes azulejos e porcelanatos, dá pra fazer lindos efeitos no chão da casa, como esse desenho da foto. (Foto: toneplusgroup.com)

Invista em pisos que vão durar por muito tempo

É fácil substituir ou laminados ou azulejos que você quer comprar? Qual é a garantia? Estes são os tipos de perguntas que você precisa fazer como um comprador mais esperto. Não há nenhuma resposta certa ou errada a estas perguntas, mas você precisa pensar sobre quanto tempo você planeja ficar no mesmo imóvel, e como cada espaço será usado.

Perguntas essenciais na escolha do tipo de piso certo para sua casa

Para escolher o piso ideal para sua casa, é essencial fazer algumas perguntas para não se arrepender da escolha depois.

Quanto custa? Certifique-se de que o preço está dentro do seu orçamento, pois pode haver custos ocultos no piso, como custos de instalação e manutenção.

Posso usar no cômodo X ou Y? Sempre pergunte se o seu piso de escolha é apropriado para onde você quer colocá-lo. O ambiente, o som, e o tráfego pesado de pedestres podem ter um impacto significativo na escolha correta do piso.

Qual a manutenção necessária para o piso? Por exemplo, madeira leve é uma opção muito barata mas pode não ser fácil de reparar se for danificada. Madeira sólida é extremamente durável, mas apenas se ela for devidamente selada após a instalação. Certifique-se de perguntar sobre o futuro do seu piso para poupar dinheiro agora e no longo prazo.

Qual a durabilidade desse piso? O preço do piso vai variar muito, assim como a durabilidade. As opções mais baratas de piso o conservarão dinheiro no curto prazo, mas as contrapartes mais duráveis vão durar pelo menos o triplo do tempo. É sábio reservar um dinheiro extra para comprar pisos de melhor qualidade.

O quão fácil é para trocar esse piso? Talvez a pergunta mais importante se você estiver planejando vender sua casa no futuro. Pisos de porcelanato podem ser lindos e duráveis, mas muito difíceis de se remover, e podem acabar afastando um potencial comprador.

Ao escolher seu piso, independente do material que você escolher, basta se lembrar de tomar todo o tempo que você precisar, fazer muitas perguntas e conversar com vários profissionais diferentes. Faça sua pesquisa. Pergunte às pessoas que tipo de piso que eles tem ou fale com os engenheiros, arquitetos e pedreiros que trabalham em sua cidade. Quanto mais você se informar, melhor ficará seu projeto de reforma.

Como você está planejando a reforma do seu piso? Quais materiais você prefere?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)