Quando o dinheiro está apertado, até mesmo uma manutenção de casa menor assume uma dimensão grande e estressante. Mas quando você está procurando uma lista de coisas que precisam ser feitas com recursos limitados, o impacto pode esmagador. Não se desespere. Aqui vamos te mostrar como priorizar o que precisa ser feito e abraçar uma abordagem lenta e constante, amiga da economia para manutenção do lar nos momentos certos.

Eletricidade

A segurança vem em primeiro lugar. Fiação e problemas elétricos podem danificar componentes eletrônicos sensíveis, levar a incêndios e até mesmo choque elétrico. Por isso, é melhor enfrentá-los de frente e com a ajuda de um profissional qualificado. Se as luzes de sua casa diminuem quando você liga vários aparelhos, se os disjuntores desarmam com freqüência ou se as suas tomadas estão quentes ao toque, pode ser hora de chamar um eletricista.

O que fazer? Troca de disjuntores que não aguentam a potência dos seus aparelhos elétricos, troca de tomadas e interruptores quebrados ou defeituosos, reparos em fios expostos e circuitos onde lâmpadas sempre queimam, instalação/limpeza de componentes elétricos (ex.: ventilador de teto), manutenção de iluminação externa da casa.

Quando fazer?  Este tipo de reparo deve ser feito em épocas quentes, quando não há chuva, dado o perigo de eletricidade com lugares molhados. Procure por problemas mais urgentes antes de começar a manutenção. Fazer a verificação visual de todo sistema pelo menos uma vez por mês, uma vez por semana se você tem crianças em casa.

Telhado

Infiltração de água é uma das formas mais rápidas de acumular despesas grandes. Mofo, insetos, apodrecimento de partes de madeira, dano em instalações elétricas podem resultar de pequenos vazamentos em seu telhado. Esteja ciente de cheiros úmidos ou umidade em sua casa, manchas nas paredes e teto, telhas danificadas, crescimento de algas ou acúmulo de água no telhado.

O que fazer? Verificar por danos causados pela água e qualquer acúmulo de umidade, principalmente após chuvas fortes, troca de telhas, impermeabilização, reparos na estrutura do telhado, conserto de áreas onde há acúmulo de água.

Quando fazer? Como os problemas do telhado geralmente progridem rapidamente, se você observar um problema, entre em contato com um profissional de imediato. Uma inspeção inicial é geralmente de graça. Os custos de substituição do telhado depende do tamanho da sua casa. Você deve verificar o telhado da sua casa sempre que verificar umidade em algum ponto externo ou interno de sua residência, além de sempre verificar o telhado após uma chuva forte. Faça uma verificação uma vez por mês e aumente a frequência na época de chuvas.

Porão, fundações e muros de contenção

Uma base sólida suporta (literal e figurativamente) tudo o mais em sua casa, seja esta na forma das fundações ou de um muro de contenção na sua residência. Como casas naturalmente se acomodam ao solo ou mudam devido à chuva extrema ou inundações, problemas estruturais podem ocorrer. Se você observar vigas inclinadas, grandes rachaduras na alvenaria ou pisos que desenvolvem inclinação ou buracos, isso pode indicar um problema maior. Contrate um empreiteiro para inspecionar sua casa e se existem problemas significativos, um engenheiro de inspeção da casa e até a defesa civil de sua cidade pode ajudar a obter uma imagem precisa das soluções e os custos associados.

O que fazer? Verificar por rachaduras na base da casa, crescimento de vegetação em pisos cimentados/concreto, aumento de umidade no porão ou nas fundações da casa.

Quando fazer? Como são reparos urgentes, assim que detectados os problemas eles devem ser encaminhados para um profissional qualificado. você deve fazer uma verificação quinzenal da casa para possíveis problemas de fundação e aumentar a frequência para pelo menos uma vez por semana em época de chuva.

Entendendo onde fazer manutenção na casa

Entender as prioridades de manutenção ajuda a poupar um bom dinheiro. (Foto: www.hasson.com)

Calhas, drenagem e hidráulica

Calhas ajudam seu telhado fazer o trabalho de manter a água longe do seu teto e sem uma boa drenagem, mesmo o telhado da mais alta qualidade não pode proteger a sua casa de danos causados ​​pela água. Procure por calhas amassadas, danificadas ou dividida que não se conectam corretamente. Além disso, analise a sua casa imediatamente depois de uma tempestade procurando por obstruções, vazamentos de água ou poças que podem indicar problemas maiores com o seu sistema de calhas. O custo das novas calhas varia dependendo do tamanho da sua casa e da complexidade do teto. A mesma verificação vale para a parte hidráulica interna e externa da casa, onde a busca por umidade também deve ser minuciosa. Além disso, infiltrações em apartamentos podem causar danos aos vizinhos que podem custar caro para consertar.

O que fazer? Desentupimento de calhas, limpeza de calhas e ralos, troca de canos/ralos/calhas defeituosos, impermeabilização das áreas ao redor de ralos e nos corredores de água de sua propriedade, troca e reparo de torneiras e mangueiras, verificar vazamentos em vasos sanitários, troca de válvulas de descargas de vasos sanitários.

Quando fazer? Uma torneira ou vaso sanitário vazando podem aumentar consideravelmente sua conta de água no fim do mês. Por isso, reparos hidráulicos merecem urgência. Para calhas e drenos externos com problema, você pode esperar um pouco, salvo quando estiver em época de chuva. Faça uma verificação semanal por problemas hidráulicos e mensal para problemas de calhas e drenagem, aumentando a frequência para uma vez por semana durante a época de chuvas.

Pintura Externa

Pintura faz mais do que embelezar sua casa: ela fornece proteção contra os elementos e ajuda a desencorajar insetos chatos que tentam entrar pelas suas paredes.

O que fazer? Olhar sobre áreas com rachados, descamação ou bolhas de pintura. Pequenas áreas geralmente podem ser lixadas e repintadas sem a contratação de um profissional. Se mesmo após a retirada da pintura você verificar rachaduras, pode ser sinal de algum dano maior estrutural.

Quando fazer? Danos a pintura acontecem rápido e podem ser sintomas de algo mais grave. Faça uma verificação semanal na pintura externa, preferencialmente encostando nas paredes para sentir prováveis fontes de umidade ou “estufamento”.

Sistemas de aquecimento e arrefecimento

Atualizando os sistemas de aquecimento e arrefecimento em sua casa pode ajudar a reduzir os custos de energia e minimizar as chances de uma avaria que poderia levar a canos congelados e estourou no inverno .

O que fazer? Se o sistema estiver funcionando corretamente, a substituição é naturalmente, eletiva. Mas se você não tiver certeza de quão bem o seu sistema está funcionando, mantenha-se atento para ciclos freqüentes de ligar/desligar que podem indicar um termostato ou equipamento ruim que está lutando para regular a temperatura. Muito barulho em algum dos sistemas ou a falta de água quente podem significar problemas mais graves.

Quando fazer? Verifique os sistemas uma vez por mês e aumente a frequência para uma vez por semana em invernos ou verões mais rigorosos, quando você exige mais do sistema. É importante que você chame um profissional para a tarefa de reparos.

Considerações Finais

Embora nem sempre podemos prever quando irão surgir problemas de reparo em casa, podemos planejar para eles e sermos estratégicos na forma como reagimos a eles. Ao compreender que nem todos os problemas são emergências, podemos aproveitar os nossos recursos para cuidar do que é essencial e focar em reparos menos urgentes ao longo do tempo. Como acontece com qualquer despesa, sempre ajuda a antecipar reparos prováveis ​​com base na condição e idade da sua casa e começar a reservar fundos para as despesas inevitáveis ​​antes que se tornem críticas.

Você já priorizou sua manutenção em casa em uma lista de afazeres? Quais reparos são prioridades? Eles coincidem com nossa lista?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)