Você já considerou a contratação de um designer de interiores para ajudar a decorar a sua casa? Pode parecer um luxo, só que esse tipo de serviço tem se tornado mais barato ao longo dos anos, mais acessível para mais pessoas. É claro, você pode decorar e projetar sua casa por conta própria. Mas uma vez que você realmente começar o processo, você pode perceber que é muito mais trabalho do que apenas olhar uma cor ou outra e achar que ela combina com sua parede. Com tantos estilos e opções diferentes, como se decidir com o mobiliário, obras de arte, cores da pintura e decoração? O design de interiores não é uma tarefa fácil, e realmente não é realmente para todos. E o decorador profissional pode ser o que você precisa para seu lar.

O que faz um decorador de interiores?

Simplificando, um designer de interiores decora sua casa e faz uso eficiente do espaço fornecido. Decoradores de interiores, por outro lado, apenas decoram. Eles acrescentam obras de arte, mobiliário e destaques para deixar a casa com sua cara, mas eles não estão preocupados com o uso ou a função do espaço. Um decorador muitas vezes só decora, mas ele não projeta.

O que você poderá esperar de um decorador de interiores é:

  • Reunir-se com o cliente para discutir estilo pessoal, gostos e desgostos, as restrições orçamentais e limitações de tempo.
  • Observar como o(s) cliente(s) move(m)-se através do ambiente e utilizam o espaço. Por exemplo, crianças vivem naquele ambiente? Quanta atividade ocorre naquele ambiente?
  • Fazer um esboço do que será feito para o quarto.
  • Escolher um estilo e cores para a decoração que atendam às necessidades do cliente.
  • Concluir o projeto e ter uma consulta final com o cliente para garantir que todas as suas necessidades e expectativas foram atendidas ou, melhor ainda, superadas.
Vantagens em contratar decorador

Uma decoração de interiores bem escolhida é um elemento essencial de uma casa, e contratar um decorador pode ser essencial para deixar sua casa com sua cara. (Foto: www.eazywallz.com)

Quanto custa um decorador de interiores?

O custo de um decorador de interiores cobra geralmente por metro quadrado ou por hora de trabalho. Ele pode também escolher cobrar uma porcentagem do projeto final, incluindo o material. A experiência do decorador, a complexidade do trabalho, seus desejos de decoração também contam. Alguns decoradores já vão incluir também os custos de material no orçamento em alguns casos.

Como economizar com um decorador?

Dica especial: determine o seu orçamento. Seja muito direto com o seu decorador de interiores deixando claro que ele saiba que você não pode gastar mais do que X no projeto. Isso elimina você pagar uma quantidade “desconhecida” quando tudo estiver pronto.

Vale a pena contratar um decorador?

A maioria das pessoas tem dificuldade em decidir sobre a decoração, encontrar uma peça ou uma cor que você gosta e basear tudo no quarto a partir dessa peça. As pessoas tem dificuldade em usar paletas de cores para determinar quais delas irão combinar e fluir bem. Um decorador sabe bem dessas combinações, desses padrões, mas não significa que você tem que aceitar todas essas combinações. Você pode fazer adaptações no projeto também, e um bom decorador vai te orientar nas suas decisões e combinações.

O problema é que esta é uma pergunta que só você pode responder. Se viver em uma casa bem projetada e bem decorada é uma prioridade, pode valer a pena contratar um profissional. Sugerimos começar com um ambiente comum, onde todos convidados e moradores passam todos os dias. Outra ideia é fazer fazer todos os principais ambientes decorados profissionalmente e, em seguida, decorar os outros ambientes usando os ambientes decorados por profissionais como referência. Mas, claro, a questão principal sobre se vale ou não vale a pena é saber se você pode ou não pagar, ou se acha que a diversão de fazer a decoração por conta própria é mais legal ou é uma dor de cabeça desnecessária.

Você contrataria um designer de interiores? Acha que vale a pena?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)