Uma das reformas mais caras que um proprietário de casa pode fazer é substituir o telhado. Vazamentos ou deterioração do telhado podem causar grandes danos à casa.

Se você precisar trocar o teto, talvez esteja pensando em comprar o mais barato. No entanto, isso pode ser um erro crítico, pois pode levar a mais custos a longo prazo.

Qual o tipo de telha mais barata?

Ao escolher um novo material de cobertura para sua casa, há mais fatores do que custos que você precisa considerar. Isso inclui eficiência energética, sustentabilidade, longevidade e durabilidade.

Portanto, responder à pergunta de “qual o tipo de telha mais barata” apenas te dando os valores dos materiais é errado. É mais importante repassar o que está envolvido com cada modelo, para que você escolha o melhor.

Telhado barato de membrana de silicone

Os telhados com membrana de silicone são relativamente novos no cenário de telhados, mas provaram ser muito populares por várias razões. Entre eles, o silicone não se degrada ao sol. É fácil de instalar por técnicos treinados, reduzindo assim os custos de instalação. Também é eficiente em termos energéticos, refletindo os raios do sol em vez de absorvê-los. E se o teto de silicone precisar ser reparado, isso pode ser feito facilmente.

Telhado econômico com telhas de asfalto

Estes telhados duram de 15 a 30 anos. No entanto, isso tem um alto custo.

A qualidade do material é baixa e a proteção da casa começa a diminuir com o passar do tempo. Na verdade, esses tipos de materiais de cobertura apresentam um desempenho muito ruim no calor, com grandes chances de rachaduras e desbotamento. Isso geralmente acontece, pois o material é propenso a expansão e contrações à medida que ocorrem mudanças na temperatura.

Esse tipo de telhado fica ainda pior se você o instalar em temperaturas frias, pois encolhe durante as temperaturas mais altas e causa lacunas. Definitivamente, isso resultará em sérios danos à sua casa.

A manutenção do telhado também é alta, uma vez que a ruptura da telha de asfalto é uma ocorrência regular.

Asfaltos também são materiais à base de petróleo que não são realmente eficientes em termos energéticos ou ecológicos. A fabricação desse material também é um desperdício, por isso é melhor permanecer sustentável e comprar outros tipos de material reciclável para o telhado.

Telhados baratos

Escolha os melhores materiais para telhas, mesmo que baratos, e poderá obter ótimos resultados. (Foto: Paul’s Roofing)

Cobertura mais barata metálica

As coberturas metálicas duram o dobro das telhas de asfalto e podem ser de alumínio, liga de zinco, aço ou cobre. Eles são mais duráveis, mas um pouco mais caras.

Elas são resistentes ao impacto, por isso se adaptam bem a todos os tipos de clima e oferecem grande proteção ao lar. Coberturas metálicas podem fornecer uma proteção contra incêndio, inundações, raios, ventos de alta velocidade e chuvas.

O metal também atua como isolante da casa, diferentemente do asfalto. Mantém a sua casa fresca em temperaturas quentes e mais quente em temperaturas baixas. Isso os torna mais eficientes em termos de energia, além de serem muito mais fáceis de instalar. Elas também são altamente sustentáveis, pois podem ser recicladas até 100%.

Usando telhas do tipo sanduíche, você pode aumentar ainda mais a proteção e o conforto térmico do seu lar.

Telhas de cerâmica

A cerâmica pode durar mais de 100 anos sem precisar de alterações, mas é um dos materiais mais caros em que você pode investir.

É literalmente um dos materiais mais duráveis, oferecendo proteção contra qualquer clima. Também é à prova de fogo, oferecendo proteção significativa. Se você contratar especialistas para instalá-lo corretamente, ele não precisará de substituição por até 150 anos, o que significa que é o material mais sustentável que você pode obter. Isso o torna o mais ecológico, já que supera outros materiais quase três vezes.

Também ocorre naturalmente, portanto, não desperdiça muita energia durante a fabricação. Também ajudará a regular a temperatura da casa, pois é um material denso. Isso realmente torna este material eficiente em questões de energia. Pode ser necessário, porém, complementar com uma manta térmica e isolamento, dependendo da sua região.

Mesmo se você não optar pelos materiais mais caros do mercado para o telhado, isso não significa correr riscos ao selecionar as opções mais baratas. Tenha cuidado com o material que você escolher, pois esta é uma decisão importante que pode afetar sua qualidade de vida.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)