Você precisa mesmo de um cooler para sua cerveja? A menos que você precisa manter alimentos perecíveis e bebidas frias por mais de um dia, um cooler será apenas um desperdício de espaço. O uso de coolers macios, dos tipos feitos de isopor e que ocupa menos espaço, é muito mais fácil de transportar e tem muita capacidade para resfriar sua cerveja, outras bebidas, e alimentos. Agora, se você gosta de fazer viagens mais longas ou quer ficar muito tempo sob o sol escaldante, ou não gosta de ter que ficar comprando coolers de isopor toda vez que o seu quebrar, então é hora de aprender a escolher o modelo certo.

É importante dizer que coolers realmente são melhores em situações de grandes grupos, onde você precisa de mais capacidade, ou viagens de vários dias onde você precisa armazenar alimentos ou bebidas por um longo período de tempo.

Caixa térmica cooler: mantendo sua cerveja fria

Para muitos, desfrutar de uma cerveja fazendo um churrasco é essencial. Escolhendo o cooler certo pode garantir que a cerveja quente fique longe de seu acampamento, viagem, ou churrasco em família sem um refrigerador para a cerveja.

Diferentes cervejas tem temperaturas ideais para serem servidas. Algumas cervejas de qualidade superior ficam melhores servidas em temperaturas ligeiramente mais quentes, mas as cervejas mais leves são bem servidas no intervalo de temperatura entre 1º C e 5º C . A boa notícia sobre a cerveja é garrafas e latas podem ser facilmente armazenados e misturadas com o gelo, onde as coisas vão ficar um pouco mais frias. Portanto, você pode assumir que se ainda houver gelo em seu cooler, sua cerveja cerveja será fria o suficiente para beber.

Qual o melhor cooler para cerveja: os tipos de coolers

Escolher a caixa térmica cooler para sua cerveja vai passar, obrigatoriamente, pela escolha do tipo certo para suas necessidades.

Cooler tradicional

Geralmente, estes modelos apresentam peças de isolamento de espuma imprensado entre camadas de plástico que são coladas. A maioria das tampas nesta categoria são anexadas com dobradiças parafusadas e um mecanismo interno em um ajuste apertado com fricção para se manterem fechados. Produtos nesta categoria tendem a ser mais baratos e os projetos se concentram em obter a maior proporção de desempenho de isolamento em relação ao custo. Modelos tradicionais são provavelmente a escolha correta e econômica para a maioria das pessoas. A menos que você esteja buscando manter alimentos e cervejas abaixo de 1º C por mais de 6 dias, ou você acha que vai estar abusando muito do cooler e exige maior durabilidade, um modelo tradicional irá atendê-lo bem.

Cooler para cerveja

Coolers para cerveja vem com diversos recursos, e os melhores podem ser facilmente destacados em relação a modelos mais básicos. (Foto: Beardeddad)

Cooler topo de linha

Esses modelos são focados em maximizar a capacidade e a durabilidade do isolamento. Estes modelos usam um processo de moldagem que produz uma única peça de plástico em camadas, que recebe uma espuma isolante. Esta construção de uma única peça, juntamente com travas externas e dobradiças que são construídas na tampa, tendem a fazer estes modelos significativamente mais duráveis do que os desenhos tradicionais. Além disso, esses modelos utilizam paredes mais espessas e tampas de vedação de borracha para aumentar o desempenho isolador. Deve-se notar que as paredes mais espessas, mais isolantes, muitas vezes vêm à custa do espaço interior, resultando em uma capacidade que é um pouco menor do que a anunciada. Todas essas melhorias vem com um preço muito mais elevado, mas estes modelos são projetados para durar uma vida inteira e enfrentar os abusos mais pesados. Estes modelos brilham se você estiver procurando o maior desempenho de isolamento ou a durabilidade melhor. Geralmente estes modelos funcionam melhor para aqueles que procuram manter a comida fria para além de 6 dias, ou cujo uso normal do dia a dia irá exigir um maior grau de robustez.

Cooler elétrico

Existem alguns modelos disponíveis que utilizam mecanismos elétricos de resfriamento. A maioria destes modelos pode ser ligada a uma tomada de parede ou a uma entrada de um carro. Eles não exigem gelo e oferecem capacidade de refrigeração excelente, desde que você tenha acesso à eletricidade. Estes modelos são perfeitos para viagens de estrada estendidas onde você vai ficar em quartos de hotel e quer levar sua própria comida e bebida, ou para quem quer mais conforto em acampamentos.

Cooler macio

Ocupam muito menos espaço do que os duros e geralmente são mais fáceis de transportar. A maioria oferece uma alça macia para carregar nas costas ou como mala. Eles são perfeitos para um dia na praia ou um piquenique. Eles também se destacam no transporte de latas. Na verdade, muitos fabricantes anunciam o tamanho desses modelos pelo número de latas que podem caber dentro. Se você está olhando principalmente para embalar algumas latas geladas para um pequeno passeio, esses modelos são ideais. Incluso aqui estão também os coolers de isopor, e que devemos lembrar que tem uma durabilidade bem baixa.

Qual cooler escolher

Coolers de qualidade vem com alguns itens extras para ajudar a serem carregados, tais como rodinhas e alças resistentes. (Foto: Survival Common Sense)

Como escolher um cooler para cerveja: considerando o uso pretendido

O número e a variedade de coolers disponíveis aumentou muito nos últimos anos, tornando a seleção do modelo certo um processo difícil para os amantes de cerveja. Mas o primeiro passo na sua decisão de compra é determinar se você realmente precisa de um modelo caro, ou se um modelo mais barato vai deixar você satisfeito. Dois aspectos, nesse critério, merecem destaque: desempenho de isolamento e durabilidade

Desempenho de isolamento

O objetivo principal de um cooler é manter as coisas frias, e o desempenho de isolamento é um dos fatores mais importantes a considerar. Os modelos topo de linha são geralmente capazes de aguentar alguns dias a mais de temperaturas do que os modelos tradicionais. Os modelos tradicionais são capazes de conservar o gelo de forma confiável e ficam abaixo de 5º C por 2 a 3 dias. Por isso, se o seu uso pretendido é principalmente para fins de semana, um desses modelos irá atender às suas necessidades de isolamento. Estes modelos também podem manter a comida fresca muito mais do que 2 a 3 dias se eles são frequentemente carregados com gelo novo, o que é um bônus. Da mesma forma, se você quiser principalmente manter um monte de bebidas frias para uma excursão de um grande grupo para a praia, um cooler tradicional vai atender às suas necessidades muito bem enquanto um cooler topo e linha seria um exagero, a menos que você queira garantir que ele dure por toda a sua vida. Se o plano é usar gelo seco no resfriamento, os modelos topo de linha são mais resistentes para aguentar as baixíssimas temperaturas desse tipo de gelo. Vale lembrar: essas afirmações são válidas para os coolers das melhores marcas. Tome cuidado com as marcas muito mais baratas porque o preço aqui faz sim a diferença.

Durabilidade

Os modelos topo de linha são construídos de forma muito mais robusta, com dobradiças resistentes, tampas e paredes que são incrivelmente rígidas, robustos mecanismos de trava externa, alças grandes, parafusos de drenagem com vedações em borracha e plástico resistente a raios ultravioleta. A maioria dos modelos tradicionais não tem esse tipo de construção duradoura. As tampas e as paredes dos modelos tradicionais também são menos rígidas do que suas contrapartes topo de linha. Enquanto pressionar a parede ou tampa de um modelo topo de linha parece pressionar uma pedra, você pode sentir paredes e tampas dos modelos tradicionais cedendo um pouco. Se você só planeja usar esses produtos ocasionalmente e em circunstâncias menos exigentes, você provavelmente está melhor com um modelo tradicional. Embora claramente menos durável, os modelos tradicionais certamente resistirão a algumas viagens de fim de semana e servirão bem para manter bebidas geladas. No entanto, mesmo se seus esforços normais não exigem a capacidade de isolamento adicional da maioria dos modelos topo de linha, mas você estará usando-o com frequência ou em condições adversas, a maior durabilidade de um modelo topo de linha pode valer a pena o investimento. Os melhores modelos tendem a custar entre 4 a 5 vezes a quantidade de um modelo tradicional comparável. Então, se você vai usá-lo 10 ou mais fins de semana por ano, pode se ver perdendo 5 ou mais coolers tradicionais nos próximos anos (se é que você já não perdeu alguns), e a vida mais longa de um modelo topo de linha certamente vale a pena o custo extra. Além disso, se o seu cooler for ser usado em um barco ou na traseira de um carro, pode ser usado como uma plataforma ou escada, ou ser posto através de qualquer outro abuso para o qual ele não foi originalmente planejada. Para os modelos mais robustos, há algumas certificações que você pode buscar para encontrar os modelos mais resistentes.

Como escolher cooler

Coolers macios são práticos e fáceis de carregar, bem úteis para latinhas e garrafas pequenas de cerveja. (Foto: The Daily Want)

Cooler para cerveja com rodinhas ou não e o tamanho certo do cooler

Uma vez que você tenha decidido se você quer um modelo topo de linha ou tradicional, a próxima coisa a considerar é o tamanho para comprar. O tamanho que você escolher será determinado principalmente pela capacidade de armazenamento que você precisa, mas o tamanho afetará a portabilidade e desempenho de isolamento também. É importante considerar nessa escolha a capacidade de armazenamento, o tamanho externo, a portabilidade, e o desempenho de isolamento

Capacidade de armazenamento

O tamanho de seu refrigerador, que é medido em quarts ou litros, que dita o quanto você colocar no cooler. Modelos de 25 quarts (cerca de 23 litros) ou menores são adequados para transportar bebidas para algumas pessoas, ou alimentos para uma única pessoa em uma viagem de um dia. Tamanhos na faixa de 40 quarts (cerca de 38 litros) vão servir uma única pessoa por várias noites, ou um casal para um fim de semana. Tamanhos na faixa de 70 quarts (cerca de 66 litros) podem servir longas viagens de fim de semana com a família, ou mais viagens para uma só pessoa e casais. Coolers maiores podem conter ainda mais, mas tendem a ser difíceis de movimentar e são usados ​​principalmente para fins especiais, como longas viagens com a família..

Tamanho externo

Além da capacidade interna, algumas pessoas vão querer prestar atenção às dimensões externas. Se você não tem o luxo de um veículo muito espaçoso, você vai querer certificar-se que o modelo que você escolhe será capaz de caber em seu carro ou no local onde pretende usá-lo..

Portabilidade

Na maioria das situações, o cooler totalmente carregado será o item mais pesado que você terá que mover, portanto, a portabilidade é um fator a considerar. Obviamente, quanto menor o cooler, mais fácil será de carregar, então você vai querer obter o menor modelo que possa atender às suas necessidades de capacidade de armazenamento. Se as suas necessidades de armazenamento exigirem um modelo maior, você vai querer considerar seriamente o quão fácil será transportá-lo. Alças confortáveis para carregar e rodinhas são praticamente uma obrigação. Teste as alças para ver se elas não beliscam as mãos, ou será necessário o uso de luvas para carregar o cooler. É importante salientar que ao se comprometer com os modelos maiores, é melhor planejar não movê-lo muito. Amantes da cerveja podem até deixar esses modelos dentro do carro ou em um ponto fixo do local do churrasco quando um refrigerador não estiver presente.

Tamanho e desempenho de isolamento

Você vai querer ter em mente que o tamanho de um cooler também terá um efeito direto sobre o seu desempenho de isolamento. Como regra geral, quando embalado de forma semelhante um modelo menor não vai segurar o gelo como seu irmão maior. Além disso, refrigeradores são muito mais eficientes quando estão totalmente carregados e não tem de lidar com o resfriamento de um grande espaço vazio. Assim, um modelo totalmente carregado menor normalmente irá manter o gelo mais tempo do que um modelo maior e vazio. Portanto, você vai querer escolher um tamanho que você vai frequentemente carregar completamente para maximizar a eficiência de isolamento. Para calcular isso em questão de cervejas a serem bebidas, pegue um fim de semana com os amigos para beber e separe e conte as latinhas que vocês beberem juntos. Essa quantidade de cervejas é um bom começo para saber o quanto seu cooler deve ser capaz de carregar sempre.

A facilidade de uso do cooler é também importante

Ao escolher um modelo de cooler, a facilidade de uso é um critério importante, e considera os seguintes critérios: drenagem e facilidade de acesso.

Drenagem

Drenagem pode ser um processo rápido e fácil ou frustrante e confuso. Modelos que permitem a drenagem completa sem ter que elevar uma extremidade reduzem o esforço de drenagem. Modelos com furos de drenagem inferiores e canais embutidos que conduzem ao dreno são excelentes, enquanto modelos com drenos maiores, exigem mais esforço manual. Buracos de dreno maiores tornam a drenagem mais rápida, mas podem causar problemas em algum momento, como perder cubos de gelo durante o processo. Se você está drenando um monte de gelo derretido, alguns plugues de drenagem criam jatos de água fortes. Embora bonito, estes fogos de artifício aquáticos podem deixar tudo encharcado. Você pode anexar uma mangueira em alguns modelos, algo especialmente prático para coolers usado em veículos. Tome cuidado apenas com a drenagem de modelos com vedações de borracha, pois um vácuo pode ser criado e dificultar a abertura da tampa. Abra a tampa antes de começar a drenar. E os melhores modelos tem drenos com vedações de borracha, vale lembrar.

Facilidade de acesso

A travagem automática é o principal fator determinante em quão fácil uma tampa será para abrir. A maioria dos modelos tradicionais usam um mecanismo de trava interna. Este é o pior tipo de trava, particularmente quando abrindo um cooler vazio, sem peso para segurá-lo no lugar. Todos os modelos topo de linha, praticamente, tem algum tipo de trava externa. A menos que você tenha uma forte preferência contra um determinado tipo de trava, a drenagem é uma coisa muito mais importante a considerar em termos de facilidade de uso.

Considere outros recursos que você possa gostar em um cooler

Os modelos de coolers diferentes possuem uma variedade de outros recursos que realmente não afetam o desempenho geral. Alguns incluem algumas amenidades, como uma régua na tampa para quem for usar o cooler também para a pesca. Outras tampas tem porta copos no topo para manter suas bebidas. Outros vem com uma cesta de arame para manter itens importantes fora da água derretida. O acessório mais valorizado é um cordão de drenagem, já que um plugue de dreno perdido pode adicionar complicações e frustrações desnecessárias para um dia relaxante bebendo uma cerveja.

Existe um cooler que pode funcionar para todos os usos?

Infelizmente não. Nenhum cooler vai ser capaz de funcionar bem em todas as situações. Um grande modelo com a capacidade de isolamento para lidar com uma viagem de 7 dias de acampamento vai ser muito pesado para transportar para a praia. Modelos mais móveis geralmente não vão ter o isolamento certo para uma viagem mais longa. Nenhum modelo duro pode ser carregado como um modelo macio para passeios curtos. No entanto, acreditamos que o uso de um cooler tradicional ou topo de linha, junto com um modelo macio e portátil, irá atender ao máximo de suas necessidades.

Como você escolheu seu cooler de cerveja? Quais critérios achou mais importantes na escolha?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)