Seja para manter uma espécie de grande crescimento sob controle, ou controlar os galhos de uma árvore desorganizada, uma poda inteligente pode melhorar a aparência de uma árvore. Algumas árvores mostram suas cascas atraentes ou flores de forma mais efetiva quando podadas.

Os ramos doentes às vezes podem ser removidos antes de infectar o resto da árvore. Certifique-se de mergulhar a lâmina de poda em uma solução especial entre cada corte para evitar a propagação da doença. Os ramos mortos ou quebrados podem ser removidos antes que os insetos entrem no interior para fazer uma casa.

A poda também alivia situações potencialmente perigosas. Cortar ramos que ameaçam linhas de energia evita problemas sérios, mas deixe esta tarefa para os profissionais devido ao risco de choque elétrico. Árvores de grande porte ou próximas a construções também devem ser deixadas para os profissionais podarem. Grandes ramos mortos ou pendendo devem ser removidos, bem como ramos que podem interferir com veículos ou cortadores de grama. Os ramos que tocam a casa em dias ventosos devem ser cortados antes de causarem danos.

Qual a melhor época para podar árvores?

As árvores que acabaram de sair da primavera podem ser enfraquecidas pela poda muito cedo. A poda no final do verão impedirá o enfraquecimento. A poda para a estrutura e a forma é melhor deixada até que as folhas caiam e os ramos possam ser vistos claramente.

Remova a madeira morta no verão, quando os ramos sem folhas são facilmente encontrados. A poda mais pesada não deve ser iniciada durante os meses de verão. Animais eu infectam madeiras são ativos desde o final da primavera até o meio de verão e por isso, é necessário o cuidado da poda. A poda para limpeza deve ser feita quando os ramos estão caindo em seu ponto mais baixo.

Como podar árvores: técnica de poda

Não corte muito perto do tronco. Eles são muito grandes e retardam a vedação da ferida. Também não corte muito longe do tronco, deixando um toco feio que pode dar aos insetos um ponto de entrada. A ferida não pode se selar até que o toco seja removido. Faça o corte próximo do colar do ramo (a área inchada onde o galho encontra o tronco. O colar do ramo contém substâncias químicas que aceleram a formação de tecido de calo que protegerá a ferida.

Os ramos maiores são melhor removidos em três etapas:

Faça um corte superficial na parte inferior do ramo, a cerca de 4 a 5 dedos do tronco.

Corte o ramo cerca de 2 a 3 dedos do corte inicial. Quando o peso do ramo não suportado faz com que ele caia, o corte inicial evita que o casco descasque a lateral do tronco.

Faça o corte final, removendo o toco restante. Faça este corte perto do colar do ramo: a área ligeiramente inchada onde o ramo e o tronco estão unidos.

Poda de árvore

A poda de árvores ajuda a manter a planta saudável e garante que ela continue crescendo sem prejudicar seus arredores. (Foto: Best Cordless Pole Saw Reviews)

Cuidados com o formato do tronco da árvore na poda

As juntas estreitas e em forma de V são inerentemente fracas e estão sujeitas a quebras nas tempestades de vento. Para evitar que esse formato provoque problemas, remova uma das hastes enquanto a árvore é jovem. Faça o seu primeiro corte 4 a 5 dedos acima da união dos ramos e, em seguida, faça o corte acabado cerca de meio dedo acima da união. Em árvores maiores que foram podadas muito tarde, corte um lado para que o outro lado comece a dominar.

Tronco em V

Algumas árvores naturalmente tendem a formar junções estreitas em forma de V, mas nem todas requerem poda corretiva. exceto para remover ramos de cruzamento que possam entrar em atrito. Outras árvores, devem ser observadas de perto e receber uma guia para evitar problemas estruturais à medida que crescem.

Hastes múltiplas na árvore

Como instinto de sobrevivência, algumas árvores criam hastes múltiplas depois de serem podadas. Quando as hastes múltiplas crescem, elas se tornam as árvores mais propensas a danos causados ​​pela tempestade e a forma natural da árvore ficará comprometida.

Para evitar isso, salve o tronco mais reto e remova todos os outros. Se você quiser cultivar árvores em forma de aglomerado por razões estéticas, certifique-se de que as hastes múltiplas estejam bem espaçadas e que se espalham umas das outras, de modo que não se esfregam enquanto crescem.

Troncos bifurcados

Os troncos bifurcados são menos estáveis ​​do que um único tronco e muitas vezes, crescem juntos, deixando uma cavidade vazia onde insetos e podridões podem enfraquecer ainda mais a árvore. A árvore acabará por se dividir, ou um dos troncos terá interrompido seu crescimento.

Para evitar isso, remova um dos troncos bifurcados enquanto a árvore ainda é jovem. Corte o mais próximo possível do nível do solo, fazendo o corte em um ângulo leve, de modo que a água da chuva escorra do toco. Tenha cuidado para não danificar a casca no tronco restante.

Proteja os botões

Ao cortar as hastes, evite fazer o corte a meio caminho entre os botões. Isso deixa uma longa porção do caule para murchar e morrer, o que é desagradável e convida insetos e doenças. Em vez disso, faça o corte cerca de meio dedo acima de um botão. Escolha um botão voltado para a direção em que deseja que o novo crescimento continue e angule o corte na mesma direção.

Ramos agrupados

Muitos ramos agrupados são antiestéticos e podem causar problemas. Além disso, ramos mais pequenos e indesejáveis ​​interferem no desenvolvimento de ramos maiores. Reduzir esses rebentos laterais permitirá que os ramos restantes melhorem a circulação de ar, a água e a luz solar. Isto é especialmente importante com árvores que tendem a formar ramos múltiplos em um único ponto no tronco, criando uma zona fraca.

Tocos

Quando um ramo quebra no vento ou é cortado muito longe de onde ele junta a árvore, um toco permanecerá. Este resíduo morto evita que um calo protetor feche a ferida e fornece aos insetos um ponto de entrada. Uma vez que os insetos fizerem incursões, a umidade e a podridão podem assumir o controle. A madeira descolorida no toco mostrará o dano que a árvore sofreu com a propagação da podridão. Ao cortar um toco antigo, tenha cuidado para não cortar o tecido de calo inchado que se forma na base do toco.

Ficou alguma dúvida de como cuidar da poda das árvores? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)