O mobiliário de madeira negligenciado sofre frequentemente de uma acumulação de sujeira e danos, e a redução da cor e do brilho resulta em uma aparência apagada. Uma superfície pode acabar com marcas de água e riscos, que deixam o móvel com uma aparência velha. Móveis que tem estofados também podem envelhecer e necessitar da troca ou manutenção. Mas o que é preciso para fazer uma reforma de um móvel antigo?

Restaurar móveis velhos: analisando os danos

O primeiro passo na jornada de restauração de um móvel antigo é analisar os danos que ele sofreu. Danos ao verniz e tinta são os mais fáceis de corrigir, enquanto danos causados por quebras e cupins podem exigir mais trabalho ou até a substituição completa de partes do móvel. Dependendo da extensão dos danos, principalmente se forem danos estruturais, pode valer mais a pena trocar o móvel por completo.

Danos a estofado de móveis podem ser reparados por empresas profissionais ou por você mesmo. Porém, o trabalho feito por amadores pode não terminar com uma qualidade muito boa, e pagar alguém pra fazer esse reparo pra você é bem melhor e terá um resultado muito mais positivo.

Faça uma lista dos danos que o móvel tem e o que é preciso reparar. Essa é uma lista que vai te ajudar a economizar tempo e dinheiro mais tarde.

Restaurar móveis usados e velhos: os itens necessários

Para fazer uma restauração de qualidade, você vai precisar de:

  • Luvas de trabalho
  • Máscara de proteção
  • Pincéis de pintura para verniz/tinta
  • Removedor químico de tinta/verniz
  • Espátula
  • Removedor de cera e polimento
  • Bombril
  • Lixas 40, 60, 80, 100, 120
  • Tinta, verniz, ou óleo de linhaça para madeira
  • Cera
  • Pano
  • Pregos, parafusos, pedaços de madeira
  • Martelo, chave de fenda, e chave Philips

Como restaurar móveis antigos: preparando para o reparo

Coloque o móvel em um local aberto, de preferência. Se estiver trabalhando em ambientes fechados, proteja os pisos e os móveis próximos e assegure uma boa ventilação. Desmonte o móvel tanto quanto for possível e troque as partes quebradas. Faça isso antes de qualquer reparo, pois as peças separadas podem ser mais fáceis de pintar e fazer o acabamento. Isso significa também remover o estofamento para reparos, se possível.

Restauração de móveis antigos

A restauração de móveis antigos possibilita dar vida nova a um móvel que está com uma aparência velha, sem brilho. (Foto: Pinterest)

Removendo o acabamento antigo do móvel

Você pode usar um removedor de verniz ou tinta químico ou lixar o material. Com o removedor químico, é necessário parar o processo assim que ele for terminado, após raspar todo o acabamento com uma espátula. Não se esqueça de neutralizar o removedor químico com uma substância apropriada, geralmente recomendada na embalagem da substância.

Se o material estiver danificado, além da remoção química ou como opção para remover o acabamento, comece com a lixa de 40 para remover o bruto e equalizar as superfícies, passando depois para a lixa de 60, 80, 100, e terminando com a lixa de 120. Pode parecer muito trabalho, mas lixar nessa sequência poupará lixas e muito tempo.

Limpando o móvel para o acabamento

Limpe os resíduos um pano molhado. ou água. Após essa limpeza, lixe novamente o móvel com a última lixa utilizada. Isso deve ser feito porque a madeira vai ser hidratada, o que levanta os grãos, podendo tornar o móvel uma superfície irregular. A lixa vai equalizar a superfície para a aplicação do verniz ou tinta.

Aplicando o verniz ou tinta na restauração de móveis

Você pode usar um pulverizador de verniz ou tinta para fazer o trabalho, tomando cuidado para pulverizar de forma uniforme e no sentido da madeira. Pode usar pincéis e rolos, tomando cuidado para não passar em um lugar mais de uma vez e criando acúmulos indesejados. Seja qual for a opção que você usar, é preciso deixar 24 horas para a tinta ou verniz secarem, talvez mais dependendo da umidade da sua região. O produto está seco quando não gruda mais ao toque. Após a primeira demão, lixe com a última lixa utilizada na madeira ou uma 20 grãos acima. Por exemplo, se a última lixa usada foi 120, então use uma lixa 120 ou 140 para equalizar a superfície que teve a tinta ou verniz aplicado. Limpe o pó com um pano molhado e aplique a segunda demão de tinta ou verniz, espere secar, e lixe com a mesma lixa usada anteriormente e aplique uma terceira demão, caso julgue necessário.

Acabamento para o móvel antigo

Finalmente, aplique com moderação uma fina camada de boa cera de móveis sobre toda a superfície. Deixe uma hora pelo menos e faça o polimento com um pano sem fiapos. Depois da secagem completa, faça a montagem do móvel, inclusive dos estofados.

Ficou alguma dúvida sobre a restauração de móveis antigos? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)